Araraquara participa de Conferência Estadual de Políticas para Mulheres

Araraquara participa de Conferência Estadual de Políticas para Mulheres

Araraquara esteve representada por oito delegadas na 4ª Conferência Estadual de Políticas para Mulheres, realizada no início desta semana, dias 15 e 16, em Atibaia. O evento teve como tema: “Mais direitos, participação e poder para as mulheres”.

A delegação de Araraquara contou com representantes do poder público municipal e da sociedade civil. Representando o poder público municipal estiveram: a coordenadora de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, Alessandra de Cássia Laurindo; a vereadora Edna Martins e a gerente de Economia Social e Solidária, Flavia de Jesus Andrade. Constituindo a sociedade civil, participaram: Dora Isabel Paiva da Costa (professora da UNESP), Rita de Cássia Corrêa Ferreira (advogada), Claudete Camargo Pereira Basaglia (doutoranda e Conselheira Municipal dos Direitos das Mulheres), Fátima Aparecida Corrêa da Silva e Suzelaine Pedroni Rosa (lideranças comunitárias).

As delegadas de Araraquara se dividiram nos núcleos temáticos que tinha como propostas debater ações e apresentar recomendações para a Conferência Nacional e propostas para esfera estadual. Elas se comprometeram a dar continuidade nas discussões, elaborarem um relatório e enviar cópias para a Coordenadoria de Políticas para as Mulheres, Conselho Municipal dos Direitos das Mulheres e Câmara Municipal.

De acordo com a coordenadora de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, Alessandra de Cássia Laurindo, os encontros são necessários para – além das discussões e encaminhamentos de políticas públicas – avaliar Araraquara no cenário estadual e poder comparar as estruturas oferecidas no amparo as mulheres vitimas de violência. “Em muitos municípios as políticas foram cerceadas, deixando as mulheres sem o amparo legítimo”, aponta Alessandra.

Segundo ela, o encontro em Atibaia envolveu uma ampla representatividade de mulheres em diversas áreas de atuação, instituições e, principalmente, o fortalecimento da representação dos movimentos sociais, em especial atenção as mulheres negras que fizeram um ato de protesto em solidariedade a um caso de discriminação ocorrido durante a conferência.

Vale destacar que a Conferência Nacional será nos de 10 a 13 de maio, em Brasília. Araraquara terá quatro representações: uma do poder público (Alessandra de Cássia Laurindo) e três da sociedade civil (Dora Isabel Paiva da Costa, Rita de Cássia Corrêa Ferreira e Suzelaine Pedroni Rosa).
i_d_P&B

About Beto Fortunato

Jornalista – Diretor de TV – Editor – Câmera –

Beto Fortunato

Jornalista – Diretor de TV – Editor – Câmera –

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *