Dieta à base de peixe diminui riscos de doenças cardiovasculares

Dieta à base de peixe diminui riscos de doenças cardiovasculares, para o mês de maio, o destaque fica por conta do robalo
15:46| 18/05/2016
Gastronomia - Saúde

Leves, saudáveis, gostosos e altamente nutritivos. Manter a diversidade de peixes no cardápio diário das refeições, além de ser, gastronomicamente, uma saborosa opção, é também um dos hábitos alimentares mais indicados àqueles que buscam qualidade de vida através da dieta.

Peixes são alimentos ricos em proteínas, iodo, fósforo, cálcio, vitaminas A, E, do complexo B e D. Mas seu principal nutriente é o ômega 3, uma gordura poli-insaturada que favorece a diminuição dos riscos de doenças cardiovasculares e derrame, redução da pressão arterial, ação anti-inflamatória, diminuição das taxas de triglicérides e colesterol total no sangue. A grande maioria dos peixes apresenta menos gordura do que as carnes bovinas e suínas.

Assim como frutas, legumes e verduras, os pescados também possuem melhor período para compra, pois encontram-se em época certa para a pesca, fora do período de defeso – momento de reprodução das espécies.

Para o mês de maio, o destaque fica por conta do robalo. O peixe é típico de rios que deságuam no mar, e considerado um bom alimento para questões estéticas, pois ajudam a manter a pele e os cabelos saudáveis, e sua ação antioxidante favorece o sistema imunológico. Também conhecido como rei dos rios, o robalo pode ser preparado de diversas formas na gastronomia: cozido, frito, assado ou grelhado. Com informações da Ceagesp.

Noticias

About Beto Fortunato

Jornalista – Diretor de TV – Editor – Câmera –

Beto Fortunato

Jornalista – Diretor de TV – Editor – Câmera –

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *