Novas abordagens de nanomateriais para detecção de gás são tema de artigo publicado por pesquisador do CDMF

Novas abordagens de nanomateriais para detecção de gás são tema de artigo publicado por pesquisador do CDMF

| IDNews® | Brasil | José Angelo Santilli
IDN – Interior – São Carlos – Pesquisa

O pesquisador Leandro Silva Rosa Rocha, pós-doutorando no Departamento de Química da Universidade Federal de São Carlos (DQ – UFSCar) e integrante do Centro de Desenvolvimento de Materiais Funcionais (CDMF), é o autor principal do artigo “Novel Approaches of Nanoceria with Magnetic, Photoluminescent, and Gas-Sensing Properties” publicado no periódico científico ACS Omega.

O artigo recentemente publicado propõe uma abordagem cruzada no que tange às propriedades elétricas, fotoluminescentes e magnéticas de nanomateriais à base de céria. “Neste caso, em particular, trabalhamos com o óxido de cério puro e dopado com 8% de lantânio (La), que é um elemento terra-rara, demonstrando que sua capacidade de detectar um gás ou emitir fotoluminescência está relacionada a transições quânticas entre estados energéticos de espécies defeituosas constituintes do sistema”, esclarece o pesquisador.

Rocha ainda explica que, ao fim desta pesquisa, foi possível observar que as propriedades fotoluminescentes, magnéticas e de sensoriamento ambiental são fortemente correlacionadas às criação de vacâncias de oxigênio, que, por sua vez, provocam a conversão de espécies Ce(IV) para Ce(III), e vice-versa. “Dependendo do elemento dopante e da atmosfera ao qual o sistema será exposto, há a possibilidade de ampliação da aplicabilidade de nanomateriais terras-raras”, acrescenta.

O artigo também conta com a colaboração dos pesquisadores Rafael A.C. Amoresi, Henrique Moreno, Miguel A. Ramirez, Miguel A. Ponce, Cesar R. Foschini, Elson Longo e Alexandre Z. Simões.

As pesquisas desenvolvidas por Rocha no Centro são voltadas à exploração da multifuncionalidade de materiais híbridos nanoestruturados à base de celulose e óxido de cério (CeO2), que sintetizados em distintas condições, visam aplicações energéticas e de sensoriamento ambiental como, por exemplo, na confecção de baterias recarregáveis e na detecção de monóxido de carbono (CO).

Diante da emergência sanitária, impostas pela pandemia de COVID-19, e levando em conta as propriedades de oxirredução apresentadas por nanomateriais à base de céria, o pós-doutorando aponta que o próximo passo da pesquisa será voltado para testes das propriedades viricidas destes materiais em distintas superfícies, a fim de ampliar as opções de combate à contaminações pelo SARS-CoV-2.

As pesquisas desenvolvidas por Rocha contam com apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP).

CDMF

O CDMF é um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (Cepids) apoiados pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), e recebe também investimento do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), a partir do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia dos Materiais em Nanotecnologia (INCTMN).

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *