Spots e jingles voltados à campanha contra o aparecimento de escorpiões começam a ser veiculados na Rádio Uniara FM

Spots e jingles voltados à campanha contra o aparecimento de escorpiões começam a ser veiculados na Rádio Uniara FM
Produções foram criadas por alunos de Publicidade da universidade; curso de Biologia também vai auxiliar na ação

8:27 | Assessoria de imprensa da Uniara |2018ABR12 | Foto ©Uniara

Começaram a ser veiculados na Rádio Uniara FM (100,1 MHz), nesta quinta-feira, dia 12 de abril, os spots e jingles produzidos por alunos de Publicidade e Propaganda da Universidade de Araraquara, voltados à campanha contra o aparecimento de escorpiões que tem ocorrido na cidade. A iniciativa também conta com o auxílio da graduação de Biologia da instituição, que irá participar da ação por meio de atividades desenvolvidas por estudantes de licenciatura, e de Trabalhos de Conclusão de Curso – TCCs.

Os spots e jingles foram criados na disciplina “Produção Publicitária em Rádio”, ministrada pelo professor Luis Paulo de Campos, após a coordenadora do curso de Biologia, Teresa Kazuko Muraoka, sugerir à gerente da Vigilância Sanitária e coordenadora das vigilâncias em saúde, Silvia Adalberto, e ao gerente de Controle de Vetores da Secretaria Municipal de Saúde, vinculado à Coordenadoria de Vigilância em Saúde, Luís Eduardo Ursolino Tagliacozzo, que a graduação de Publicidade fosse procurada para ajudar na divulgação.

“É uma forma de promovermos uma integração entre os cursos, e é interessante porque trata-se de uma questão de saúde pública. Assim, um briefing foi passado para os alunos desenvolverem os spots e jingles. Neles, foi trabalhada muita criatividade, com informações sérias, já que os estudantes seguiram um folheto explicativo da prefeitura a respeito dos escorpiões, e eles também fizeram uma pesquisa sobre o assunto”, destaca Campos.

Em relação à participação da graduação de Biologia, Teresa conta a intenção é transformar o assunto em TCC, “que é algo a longo prazo, com dados de ocorrências de escorpiões para um tratamento estatístico”. “Outra forma de ajudar na campanha será na parte de conscientização: como forma de estágio, alunos de licenciatura irão a escolas que apresentam incidência de escorpiões, e desenvolverão alguma atividade relacionada ao tema. Eles irão trabalhar nas escolas de ensino fundamental, sempre em parceria com a equipe da prefeitura, que passará as orientações necessárias”, detalha a coordenadora.

No início de abril, Silvia e Tagliacozzo estiveram na Rádio Uniara FM para uma prévia audição dos jingles e spots. “A iniciativa de procurar a Uniara partiu da Silvia, depois que começamos a ter casos pontuais de aparecimento de escorpiões no dia a dia. Temos uma equipe específica para lidar com isso, mas é um grupo pequeno. Assim, surgiu a ideia de procurar a universidade para termos um suporte maior nas partes de educação e envolvimento com a população, de modo que ela tenha mais conhecimento sobre a problemática – que não é uma situação pertinente somente à cidade -, e saiba lidar com isso”, explica Tagliacozzo.

Silvia comenta que a busca pela parceria se deu “justamente por conta da criatividade que encontramos na universidade, pois são formas diferentes de conscientizar a comunidade”. “Fazemos o atendimento, mas precisamos dessa parte educativa. Assim, pensamos que a instituição seria o melhor local para procurarmos essa parceria. É preciso saber o que está acontecendo com relação aos escorpiões, e ajudar na prevenção. Muitas vezes essas formas de divulgação chegam melhor aonde queremos. Acredito que isso dará certo e que alcançaremos nossos objetivos”, conclui.

Informações sobre os cursos de Biologia e Publicidade e Propaganda da Uniara podem ser obtidas no endereço www.uniara.com.br ou pelo telefone 0800 55 65 88.

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor - Câmera -

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor - Câmera -

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *