Venezuela perde temporariamente direito de voto na ONU

Venezuela perde temporariamente direito de voto na ONU
As regras da ONU estabelecem que o direito a voto de um país integrante deve ser suspenso no caso de falta de pagamento da contribuição para o orçamento da organização

13FEV2018|  7:17 - Venezuela/Dívidas  - Foto:  © Ivan Alvarado/Reuters

A Venezuela perdeu temporariamente o direito de voto na Assembleia Geral da ONU por causa de dívidas acumuladas pelo país, comunicou o canal NTN24, citando a organização, nessa segunda-feira (12). As regras da ONU estabelecem que o direito a voto de um país integrante deve ser suspenso no caso de falta de pagamento da contribuição para o orçamento da organização.

Até o fim de janeiro, além da Venezuela, na lista de devedores foram incluídos outros sete países – República Centro-Africana, Dominica, Guiné Equatorial, Granada, Líbia, Suriname e Iêmen.

No caso da Venezuela, não é pela primeira vez que essa norma é aplicada em relação ao país: em 2017, Caracas já fora privada do direito de voto, contudo, logo em seguida o país sul-americano pagou a quantia necessária e recuperou o direito de volta. Com informações do Sputnik Brasil.

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor - Câmera -

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor - Câmera -

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *