Adolescente baleado por policial à paisana pode ficar paraplégico

Adolescente baleado por policial à paisana pode ficar paraplégico

O adolescente e um amigo foram abordados pelo policial, que é vizinho da família, por estarem “falando alto” pela rua

O jovem de 15 anos que foi baleado pelas costas, na quarta-feira (17), por um policial militar à paisana, em Ribeirão Pires, na Grande São Paulo, pode ficar paraplégico.

O adolescente passou por cirurgia, mas ainda está com o projétil alojado na barriga. A mãe do rapaz, Adriana Santos de Araújo, informou que ele está imobilizado para que a bala não se desloque e atinja a coluna dele.

De acordo com a publicação, o adolescente e um amigo foram abordados pelo policial, que é vizinho da família, por estarem “falando alto” pela rua. O PM disse que os jovens teriam tentando roubar ele e, por isso, teria reagido.

“Ele manteve a mesma versão dopado. Ele nem abria o olho direito. Por isso, acredito nele. O policial chegou para ele falando “vaza, vaza” e depois colocou a arma na cabeça do amigo dele. O menino correu, mas meu irmão não teve nem tempo de correr. Ele já ouviu o disparo e sentiu a bala nas costas”, disse a irmã do adolescente baleado.

Segundo a irmã, no momento do disparo, o policial estava na porta de casa esperando a chegada do filho dele da escola.

O policial também disse que os jovens estavam armados. Porém, até o momento, nenhuma arma foi encontrada.

Adriana diz que o policial e a família dela tinham uma boa relação, que “não eram amigos”, mas que sempre existiu uma convivência pacífica e que não existe histórico de brigas de desentendimentos entre eles.

Por meio de nota, a Secretaria de Segurança Pública (SSP) informou que “o caso está sendo registrado como tentativa de roubo e será investigado”.

Noticias

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *