Advogados de Lula condenam nota emitida pela força tarefa do MPF

Advogados de Lula condenam nota emitida pela força-tarefa do MPF, o texto é uma resposta da defesa do ex-presidente à nota da força-tarefa do Ministério Público Federal (MPF) no Paraná, responsável pela Lava Jato, divulgada no sábado (5)

Por meio de nota divulgada neste domingo (6), os advogados do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva condenaram a condução coercitiva do petista, que foi levado a depor pela Operação Lava Jato.

“Houve, inegavelmente, grave atentado à liberdade de locomoção de Lula”, e a tentativa de vinculá-lo ao esquema de corrupção na Petrobras “apenas atende anseio pessoal das autoridades envolvidas na operação, além de configurar infração de dever funcional”, disse os Roberto Teixeira e Cristiano Zanin Martins.

Segundo informações Folha de S.Paulo, o texto é uma resposta da defesa do ex-presidente à nota da força-tarefa do Ministério Público Federal (MPF) no Paraná, responsável pela Lava Jato, divulgada no sábado (5).

Os procuradores reafirmaram, em nota, os motivos da condução coercitiva, dizendo que há uma “falsa controvérsia” sobre a questão e que a polêmia é uma “cortina de fumaça” para dificultar as investigações.

Para os advogados de Lula, “não há que se cogitar em ‘cortina de fumaça’ na presente discussão”. Os advogados afirmam que “a condução coercitiva é medida que cerceia a liberdade de ir e vir e jamais poderia ter sido requerida ou autorizada nos termos em que se deu”.

Noticias

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor - Câmera -

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor - Câmera -

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *