Advogados de Lula visam processar médica que vazou dados de Marisa

Advogados de Lula visam processar médica que vazou dados de Marisa
Gabriela Munhoz compartilhou informações sobre o quadro médico da ex-primeira dama em grupo de WhatsApp

06JAN2017| 7:18
Mônica Bergamo - FSP

Os advogados do ex-presidente Lula estudam processar a médica do hospital Sírio-Libanês (SP), que vazou dados sigilosos sobre o quadro de saúde de Marisa Letícia. A médica reumatologista, Gabriela Munhoz, de 31 anos compartilhou em um grupo de WhatsApp que a ex-primeira dama havia sido vítima de um Acidente Vascular Cerebral (AVC) hemorrágico.

A equipe defende que é possível entrar com um pedido de indenização por danos morais. Não só contra Gabriela, mas também contra dois outros médicos que ironizaram a situação de Dona Marisa no hospital no mesmo grupo de WhatsApp.

De acordo com a coluna da Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo, para o processo seguir adiante falta ainda o ex-presidente Lula ser consultado e aderir à ideia.

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *