Aeroporto de Lisboa: Luana Piovani acusa polícia de “tratar mal pessoas”

Aeroporto de Lisboa: Luana Piovani acusa polícia de “tratar mal pessoas”

A atriz diz ter sentido necessidade de intervir para proteger os estrangeiros que choraram em desespero para recuperarem as suas malas


Luana Piovani esteve entre as muitas pessoas que foram afetadas pelo caos gerado no Aeroporto de Lisboa devido aos efeitos da greve da Groundforce. A atriz ficou sem as suas malas e teve que se dirigir nesta segunda-feira ao aeroporto com o objetivo de as recuperar.

Já no local, Luana conta ter assistido a uma situação que a deixou profundamente indignada.

“Aqueles políciais ali estão encostando nas pessoas [diz, enquanto grava as autoridades ao longe], porque é óbvio que as pessoas estão chorando e desesperadas porque estão perdendo os seus voos… e nós não sabemos o que é a vida de cada um”, lamentou.

“As pessoas desesperadas, passando por um estresse desgraçado e eles tratando mal as pessoas. Aí eu falei: vou começar a filmar, vocês não encostem em ninguém. Nós estamos aqui com os nossos direitos de cidadãos”, continua, dando conta de que na sua opinião a atitude das autoridades descredibiliza a greve.

“A culpa não é deles [trabalhadores da Groundforce], eles têm todo o direito de fazer greve. A atitude da TAP é que está errada. O erro é como está a ser administrada uma greve que está sendo feita, aparentemente, com toda a razão”, afirma.

Luana lamenta que os trabalhadores da Groundforce estejam sendo culpados do caos que se vive no aeroporto de Lisboa mas também que os estrangeiros que ficaram sem as suas malas “estejam sendo maltratados” pelas autoridades.

| IDNews® |Via NMBR |Brasil|

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *