Além de Yunes, ex-deputado também é preso em operação da PF

Além de Yunes, ex-deputado também é preso em operação da PF
Ação foi autorizada pelo ministro Luís Roberto Barroso, do STF, relator do inquérito que investiga se decreto assinado por Michel Temer beneficiou empresas do setor portuário em troca de propina

9:16 |Cerco |2018MAR29 - 

A mesma operação que prendeu o advogado José Yunes, amigo e ex-assessor do presidente Michel Temer, também levou o ex-ministro da Agricultura e ex-deputado federal Wagner Rossi, nesta quinta-feira (29).

Ele chefiou a pasta nos governos Lula e Dilma, em 2010 e 2011. Em 1999 e 2000, Rossi presidiu a Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp), estatal administradora do porto de Santos.

Além deles, os policiais federais também cumpriram mandado de prisão contra o empresário  Antonio Celso Greco, dono da empresa Rodrimar, que opera no porto de Santos.

A ação, de acordo com informações do portal G1, foi autorizada pelo ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), relator do inquérito que investiga se decreto assinado por Temer, em maio do ano passado, beneficiou empresas do setor portuário em troca de suposto recebimento de propina.

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *