Alienação parental é discutida na Tribuna Popular

Alienação parental é discutida na Tribuna Popular
De acordo com a lei n° 12.318/200, que dispõe sobre o assunto, alienação parental é …

12JUL2017|  14:06 - TRIBUNA POPULAR

A Tribuna Popular da 25ª Sessão Ordinária da Câmara Municipal trouxe à tona um tema pouco discutido, embora intensamente vivenciado pelas famílias que passam por situações de separação: a alienação parental. A questão foi abordada pela secretária-geral da 5ª Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de Araraquara, Clara Maria Rinaldi de Alvarenga, que discutiu o tema “Semana de Conscientização e Prevenção à Alienação Parental”, cuja instituição foi votada e aprovada durante a Sessão.

De acordo com a lei n° 12.318/200, que dispõe sobre o assunto, alienação parental é “qualquer interferência na formação psicológica da criança ou do adolescente promovida ou induzida por um dos genitores, pelos avós ou pelos que tenham a criança ou adolescente sob a sua autoridade, guarda ou vigilância, para que repudie um genitor ou que cause prejuízos ao estabelecimento ou à manutenção de vínculos com este”.

O problema é mais comum do que parece. “Para se ter uma ideia, estima-se que 80% dos filhos de pais divorciados já sofreram algum tipo de alienação e que mais de 20 milhões de crianças sofram com esse tipo de violência”, informa Clara. “Nos meus nove anos de experiência na área, tenho visto que essa situação é recorrente e que vem piorando nos últimos anos, tornando-se corriqueira. As pessoas não percebem o quanto essa ruptura de vínculos influencia negativamente a vida das crianças”, completa.

A Semana de Conscientização e Prevenção à Alienação Parental será realizada anualmente na semana que incluir o dia 25 de abril, Dia Municipal de Conscientização da Alienação Parental. “Eu vejo as crianças como anjos”, compara Clara. “Os anjos têm duas asas: a família materna e a família paterna. Se retirarmos uma asa, em alguns casos, eles até conseguem voar, mas não de forma perfeita. Por isso, é importante trazer à tona e discutir esse problema, para evitarmos que mais anjos fiquem com uma asa só”, conclui.

Confira fotos no site: https://flic.kr/s/aHskZBFSyX

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *