Apresentação de coral marca início de Setembro Verde e Azul

Apresentação de coral marca início de Setembro Verde e Azul

| IDNews| Brasil | Assessoria de Imprensa | Câmara Municipal de Araraquara |

Campanha promove reflexão sobre direitos das pessoas surdas e com deficiência

IDN/Intrerior/Araraquara

A música embalou a abertura oficial da campanha “Setembro Verde & Azul aos direitos das pessoas com deficiência” no saguão da Câmara Municipal de Araraquara na tarde desta terça-feira (3). A campanha reúne duas leis municipais relacionadas ao tema: a Lei nº 9.083/17, de autoria do vereador Roger Mendes (Progressistas), que inclui no Calendário Oficial de Eventos do Município a campanha Setembro Verde, com o objetivo de discutir os direitos das pessoas com deficiência, e a Lei nº 9.065/17, de autoria do vereador Elias Chediek (MDB), que trata especificamente dos direitos das pessoas surdas.

Os dois parlamentares falaram sobre a importância de assegurar a igualdade de direitos a todos. “É importante dar às pessoas com deficiência a oportunidade de ter voz, para chamar a atenção do poder público para aquilo que ainda é preciso realizar”, observou Mendes. Chediek destacou que “a luta pela igualdade é de todos nós”.

Representando a Prefeitura, a assessora de Políticas para a Pessoa com Deficiência, Elisa dos Santos Rodrigues, apontou a necessidade de despertar na população a importância da luta pela inclusão. “Encontramos todos os dias muitos desafios que nos fazem lutar para existir e resistir. É necessário construir um modo de agir e pensar as deficiências, a fim de trabalhar pela qualidade de vida das pessoas com deficiência, assegurando e garantindo todas as oportunidades.”

O evento também marcou o início da exposição de trabalhos artesanais realizados por alunos da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) no saguão da Câmara Municipal e concluiu-se com uma apresentação do coral do Instituto dos Cegos “Santa Luzia”. Os cantores interpretaram “Trem Bala” (Ana Vilela) e “Andança” (Beth Carvalho), acompanhados pela intérprete de Libras Solange Silva, do Instituto Idioma Surdo, e “Era uma Vez” (Kell Smith), com interpretação em Língua de Sinais de integrantes do Para Todos, um projeto de diversidade da empresa Citrosuco.

Estiveram presentes os vereadores Gerson da Farmácia (MDB), José Carlos Porsani (PSDB), Rafael de Angeli (PSDB) e Toninho do Mel (PT), a secretária de Planejamento e Participação Popular, Amanda Vizoná, a presidente da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), Lígia Mara Costa Celante, o assessor especial de Políticas para a Juventude, Adriel Barbosa, o coordenador de Políticas de Igualdade Racial, Luiz Fernando Andrade, a coordenadora de Direitos Humanos, Ana Carolina Marques Leão, e o presidente da Associação Comercial e Industrial de Araraquara (Acia), José Janone Júnior.

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *