Ataque no Mali mata sete militares e deixa feridos e desaparecidos

Ataque no Mali mata sete militares e deixa feridos e desaparecidos

­­­­| IDNews® |Via Notícias ao Minuto |Brasil|

A instabilidade que assola o Mali começou com o golpe de Estado de 2012.

IDN – Mali

Pelo menos sete militares das Forças Armadas do Mali (Fama) foram mortos, dois outros ficaram feridos e mais três estão desaparecidos, na sequência de uma emboscada realizada por um grupo de homens armados não identificados na região de Mopti.

Segundo fontes ligadas às forças de segurança do país, citadas pela agência espanhola Efe, uma coluna de militares foi surpreendida à entrada da aldeia de Gouari, na região de Mopti, no centro do país, por indivíduos armados distribuídos por três carros e cinquenta motocicletas.

Os feridos que resultaram do ataque foram transportados para a cidade de Sevaré por tropas da Missão Multidimensional Integrada das Nações Unidas para a Estabilização do Mali (Minusma).

Os militares tinham como objetivo fazer um reforço da segurança naquela cidade, após um ataque que já tinha ocorrido também na quinta-feira no mesmo local, alegadamente tendo por base razões de rivalidade étnicas e na sequência do qual morreram 30 civis e outros desapareceram.

A instabilidade que assola o Mali começou com o golpe de Estado de 2012, quando grupos rebeldes tuaregues, juntamente com organizações ‘jihadistas’, assumiram o controle do norte do país durante 10 meses.

Os ‘jihadistas’ foram teoricamente expulsos em 2013, graças a uma intervenção militar internacional liderada pela França, mas grandes áreas do país, especialmente no norte e no centro, escapam ao controle do Estado, do qual os grupos terroristas se aproveitam.

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *