Atiradores do TG participam de formação de Agentes Multiplicadores em prevenção ao uso de drogas

Atiradores do TG participam de formação de Agentes Multiplicadores em prevenção ao uso de drogas
“A proposta tem por objetivo orientar e conscientizar os atiradores, quanto aos riscos e prejuízos do uso de drogas, de…

8:45 |A2 Comunicação - Assessoria de Imprensa |2018ABR10 

Foi realizada no sábado (6), na sede do Tiro de Guerra (TG) de Araraquara, intervenção voltada à prevenção ao uso nocivo de drogas licitas e ilícitas para os 100 jovens atiradores da unidade. A formação ocorreu a pedido do comando local, em parceria com o professor Marcio Servino, que é Conselheiro Tutelar, Especialista em Dependência Química e membro da LIGA da Prevenção ao uso de drogas de Araraquara.

“A proposta tem por objetivo orientar e conscientizar os atiradores, quanto aos riscos e prejuízos do uso de drogas, de forma que estes jovens possam usar o treinamento em suas ações e no seu dia a dia”, explicou o Subtenente Cleitor de Almeida Paiva.

Durante os 12 meses no TG os atiradores passam por varias capacitações em diversas áreas e temáticas especificas. “Esses jovens têm sonhos e futuro promissor; eles estão propensos em atuar como agentes da área militar e segurança pública, por isso, a importância deste conhecimento adquirido, que será usado por toda sua vida e carreira”, enfatizou o Especialista. “Os atiradores aprenderam sobre os efeitos nocivos, neurológicos e físicos. Além disso, sobre os problemas do uso de drogas, em especial, álcool, tabaco, maconha e drogas sintéticas que têm crescido muito entre os jovens e adolescentes.”

O método

Os atiradores puderam assistir a vídeos evidenciando a forma de uso de drogas, identificação de usuários, além da composição química e o processo da fabricação de drogas, como, cocaína, crack e o LSD – popularmente chamado de doce.

“A abordagem foi feita de forma clara e objetiva, com o uso de linguagem popular e didática, adequada aos jovens”, disse Servino. A questão do risco de outras substâncias foi outro tema abordado, entre elas o uso de energético, derivados do tabaco, como, Narguile e cigarro eletrônico, bem como medicamentos e anabolizantes. A temática da prevenção sobre doenças sexualmente transmissíveis, também foi discutida.

Marcio Servino afirma que esta foi a sua 4º passagem pelo Tiro de Guerra de Araraquara, nos ultimo quatro anos. Entretanto, está foi uma oportunidade diferente, com objetivo ampliado. “Foi uma capacitação que ultrapassou a temática das drogas para que transformássemos os jovens, agentes multiplicadores na prevenção ao uso”, finalizou o Especialista.

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *