Audiência Pública vai discutir a contaminação por agrotóxicos e suas consequências alarmantes

Audiência Pública vai discutir a contaminação por agrotóxicos e suas consequências alarmantes
Preocupado com a situação, o vereador Edio Lopes propõe debater o assunto

17MAI2017| 14h46 - IMPRENSA CAM

Imagine o que poderia acontecer com seu organismo se você tomasse, religiosamente, quase 14 ml de veneno ao dia! Isso daria aproximadamente 5 litros por ano.

Acredite! Esses números são reais e fazem parte de um estudo realizado pelo Instituto Nacional do Câncer (INCA), que aponta ainda, um aumento vertiginoso e potencializado em regiões produtoras, como é o caso de Araraquara.

Hoje é registrado 1 caso de intoxicação a cada 90 minutos no país, e por conta desses índices alarmantes, o vereador Edio Lopes (PT) quer esclarecer a população sobre os riscos, reais e assustadores, em uma audiência pública no plenário da Câmara Municipal, às 15 horas, na próxima sexta-feira, dia 19 de maio.

Edio argumenta que “o meio ambiente e toda a população é prejudicada, incluindo os pequenos produtores rurais, que estão sofrendo grandes perdas em decorrência da prática da pulverização aérea e da pulverização de solo com agrotóxicos”.

São inúmeros os problemas atribuídos ao uso indiscriminado de veneno nas lavouras: abelhas polinizadoras estão desaparecendo e prejudicando produções inteiras, o solo fica contaminado, as nascentes recebem despejos de toneladas de agrotóxicos e também “morrem”. Isso sem contar o aparecimento de doenças sérias, como o câncer, em grande escala, em todas as áreas, mas principalmente em trabalhadores e moradores da zona rural.

“Estamos convidando todos os segmentos envolvidos na produção agrícola do município e os setores responsáveis pela fiscalização, e o que queremos é o esclarecimento sobre a prática. Queremos debater o assunto, pois a população precisa ser alertada sobre os riscos e os efeitos dos agrotóxicos no seu dia a dia”, lembra o parlamentar que estende o convite a todos os interessados em participar da Audiência Pública desta sexta-feira.

Outro dado preocupante vem da ANVISA, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária, que coletou amostras de culturas para análise. O resultado alarmou até os estudiosos: Somente um terço dos alimentos consumidos pelos brasileiros não estão contaminados. A consequência desse uso indiscriminado de veneno é o surgimento de doenças, aumento nos casos de aborto espontâneo, malformação fetal, suicídios, distúrbios psiquiátricos, etc…

“A preocupação é real, e temos que abrir debate para mostrar um panorama, que hoje é desastroso, e buscar soluções. Por isso a presença de todos é importante. Vamos tratar nessa Audiência de um assunto de saúde pública”, completa Edio.

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *