PT deve votar contra proposta de reforma da Previdência

Bancada do PT deve votar contra proposta de Dilma de reforma da Previdência

De acordo com um dos integrantes do diretório que articula a aprovação do documento, Dilma ‘insiste em falar exclusivamente para o mercado’

A divisão entre governo e bancada de parlamentares no congresso começa a dar sinais de tensionamento. O ponto de discórdia  começa pela reforma da Previdência.
Com isso, o PT pode aprovar resolução na próxima semana, na reunião de seu diretório nacional, orientando a bancada do partido a votar contra a reforma da Previdência. A presidente Dilma Rousseff disse que apresentará em 60 dias proposta de mudanças do sistema de aposentadorias.

De acordo com um dos integrantes do diretório que articula a aprovação do documento, Dilma “insiste em falar exclusivamente para o mercado”. Se ela ao menos propusesse, junto com as mudanças na Previdência, a taxação da distribuição de lucros e dividendos, seria mais fácil apoiá-la, diz a mesma liderança, de acordo com a “Folha de S. Paulo”.

“Ela é incapaz de fazer qualquer outra coisa que não seja tentar agradar ao mercado”, acusa o mesmo dirigente. Segundo a jornalista Mônica Bergamo, a articulação está sendo feita com as tendências mais à esquerda do partido.

Ainda segundo a jornalista da “Folha”, dirigentes do partido acreditam que, ainda que tendências mais moderadas possam tentar suavizar os protestos contra a proposta de Dilma de reformar a Previdência, o PT dificilmente deixará de sinalizar claramente que seus parlamentares devem se posicionar contrários a ela.

Noticias

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *