Campanha de Lula foi bancada por imposto sindical, diz Tripodi

Campanha de Lula foi bancada por imposto sindical, diz Tripodi, suspeito de receber propina de um operador da Petrobras por meio da reforma de um apartamento

Armando Tripodi, o ex-gerente de Responsabilidade Social da Petrobras, afirmou em depoimento concedido ao site institucional “Memória Petrobras”, que petroleiros da Bahia usaram o imposto sindical na campanha de Lula à Presidência em 2002.

Tripodi recordou a participação do Sindicato dos Químicos e Petroleiros da Bahia na eleição: “Montamos um comitê no sindicato. Aprovamos na assembleia uma contribuição. A categoria aprovou todo imposto sindical da categoria ser destinado à campanha de Lula”, disse.

Segundo o jornal ‘Folha de S. Paulo’, a legislação eleitoral proíbe que sindicatos e entidades de classe façam doações eleitorais. A prestação de contas da campanha de Lula naquele ano não registrou nenhum repasse do sindicato.

No site, Tripodi, que é conhecido como Bacalhau, afirma ainda que o imposto sindical foi um “recurso fantástico” para a campanha. “Montamos uma lojinha, fizemos todo um trabalho de mandar matéria para o interior, montar carro, alugamos carro”, afirmou.

O ex-gerente lembrou que na campanha presidencial anterior, em 1998, conseguiu doação para a compra de um carro de som, “quase um trio elétrico”, que depois teria sido doado ao PT.

Ainda segundo a publicação, Tripodi é suspeito de receber propina de um operador da Petrobras por meio da reforma de um apartamento, segundo a Polícia Federal, e prestou depoimento na fase Acarajé da Lava Jato.

Por outro lado, a Petrobras informou em nota que Tripodi foi destituído da função de gerente no último dia 22 e que iniciou uma apuração interna sobre as suspeitas contra o funcionário. No mesmo dia, o contrato de trabalho foi rescindido a pedido de Tripodi.

Ainda segundo a ‘Folha’, questionado sobre o suposto uso de imposto sindical na campanha de 2002, o PT não respondeu.

Noticias

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor - Câmera -

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor - Câmera -

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *