Casarão Assentamento Bela Vista: história e lendas

Casarão Assentamento Bela Vista: história e lendas

| IDNews® | Brasil | Assessoria de Imprensa | Câmara Municipal de Araraquara
IDN – Interior – Araraquara

Com fama de mal-assombrado, o Casarão do Assentamento Bela Vista ainda conserva a imponência da obra construída em 1880. O prédio foi, inicialmente, sede de uma fazenda de café e, em seguida, de uma usina de cana-de-açúcar. Os dois terreiros de café, em níveis diferentes, ficam em frente ao casarão e secavam o fruto daquele ‘ouro negro do Brasil’ diante dos olhos do dono.

O casarão abrigou escravos, que viviam no andar inferior, sob os pés do seu senhor. Após o fechamento da usina, o Casarão foi ocupado por assentados da reforma agrária.

A fama de mal-assombrado começou quando uma foto tirada no local mostrou um vulto na janela que dizem ser do coronel Antônio Joaquim de Carvalho, antigo proprietário da casa e personagem central no linchamento de Rozendo e Manoel de Brito.

Em 2013, uma equipe de ‘caça fantasmas’ esteve no local e a investigadora Rosa Maria Jaques garante ter conversado com espíritos de escravos. A visita foi gravada e está disponível no YouTube.

A tradicional festa junina do assentamento Bela Vista é realizada em um grande espaço, formado pelos terreiros de café, em frente ao casarão. O evento está no Calendário Oficial de Eventos do Município e já reuniu cerca de 6 mil pessoas.

Mesmo interditado, devido ao risco de desabamento, é comum encontrar curiosos andando nos escombros. O Casarão está em processo de tombamento e o desejo de muitos é vê-lo revitalizado.

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *