Centro de Saúde do Melhado sofre com falta de funcionários

Centro de Saúde do Melhado sofre com falta de funcionários
O vereador Gerson da Farmácia esteve no local conversando com servidores e usuários

9:36 |Assessoria de Imprensa |2018MAR30 | 

Com mais de 15 mil pessoas cadastradas, o Centro Municipal de Saúde (CMS) “Giuseppe Aufiero Sobrinho”, na Vila Melhado, tem tido dificuldades para poder realizar um bom atendimento à população. Na manhã desta quarta-feira (28), o vereador Gerson da Farmácia (MDB) esteve no local e conversou com a enfermeira da unidade, Elisângela Costa.

Segundo ela, o Centro de Saúde conta com apenas uma equipe formada por 10 funcionários, entre eles dois clínicos gerais, dois ginecologistas, um pediatra e dois dentistas. “Contamos com o suporte de alguns médicos da Uniara, mas a equipe tem feito hora-extra e está no limite. Queremos fazer os atendimentos com qualidade, mas não há condições com o que temos de funcionários. Estamos com um de férias e outro foi emprestado para outra unidade em janeiro”, destacou a enfermeira. “Estamos agendando algumas consultas só para julho, sendo que antes a espera era de, no máximo, 30 dias”, completou.

Elisângela entende que para oferecer um bom serviço ao público, a equipe teria que contar com pelo menos 17 servidores. “A unidade do Santa Angelina, que tem mais ou menos o mesmo tamanho, conta com esse número de funcionários”, informou.

 Farmacêutica só uma vez por semana

No CMS do Melhado, cada médico realiza, em média, 16 atendimentos por dia. No caso dos ginecologistas, são 12. “Eles estão atuando das 7h às 17h, e a farmácia fica aberta das 8h às 16h, mas temos uma farmacêutica apenas uma vez por semana, acabamos deixando uma pessoa da parte administrativa aqui”, afirmou.

O vereador também ouviu outros problemas, como a falta de armários para guardar as fichas de atendimento. A enfermeira lembrou, ainda, que a sala onde fica está há três meses sem internet. “Sou responsável técnica da equipe, porém estou sem sala e acabo utilizando alguma vaga, mas tenho passado por essa dificuldade. O que tem ajudado muito é a coesão da equipe”, explicou.

 

Fiscalizando

Na unidade, Gerson já entrou em contato com a secretária da Saúde, Eliana Honain, e foi orientado a fazer um ofício com todas as necessidades da unidade e encaminhá-lo à pasta. Eliana prometeu “olhar com carinho a questão”.

“Vamos encaminhar tudo o que foi falado para a secretária e cobrar. Daqui uns dias ligo de novo aqui e vejo se foram tomadas providências. A unidade é uma referência para moradores de diversas localidades da cidade e precisa de uma estrutura que atenda todas as necessidades da população”, pontuou o parlamentar, que também conversou com usuários do Centro de Saúde e só ouviu elogios do atendimento recebido na unidade.

Fotos:  https://flic.kr/s/aHskvnbK5a

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *