Com a vacinação avançando, como ficou o ‘Hotel da Covid’? 

Com a vacinação avançando, como ficou o ‘Hotel da Covid’? 

Vereador Rafael de Angeli (PSDB) questiona informações sobre funcionamento do local


Desde o dia 24 de março, em Araraquara, uma nova unidade de isolamento para pacientes com Covid-19 passou a alojar os positivados que moram em residências com muitas pessoas e, por isso, colocam em risco seus familiares. A Estância Doce Mel, que estava desativada, disponibilizou 44 vagas para abrigar as pessoas positivadas para a Covid-19, divididas em duas alas, masculina e feminina, onde os abrigados recebem alimentação e visitação de equipes médicas para acompanhamento do quadro clínico.

Em busca de informações sobre o funcionamento do “hotel para positivados da Covid-19”, o vereador Rafael de Angeli (PSDB) enviou, no dia 21 de julho, o Requerimento nº 670/2021 à Prefeitura.

O parlamentar questiona se o local ainda está em funcionamento para esta finalidade. Além disso, pergunta sobre os requisitos utilizados para oferecer esse benefício a positivados em Araraquara e como está a adesão das pessoas positivadas para o novo coronavírus em realizar a quarentena no hotel. Angeli pergunta ainda sobre os gastos que o município tem para manter esse espaço em funcionamento; a quantidade de pessoas que já cumpriram quarentena no local; e, caso ainda esteja em uso, por mais quanto tempo a Prefeitura pretende manter esse serviço para pacientes com Covid-19.

Angeli busca dar transparência do serviço à população. “Apesar de ser uma ação louvável do município, precisamos fiscalizar todo o processo, custos e resultados desse projeto ‘Hotel da Covid’ em Araraquara. Aguardamos respostas oficiais da Prefeitura”, explica e finaliza o vereador.

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *