Com renovação de convênio municipal, Casa Cairbar volta a respirar

Com renovação de convênio municipal, Casa Cairbar volta a respirar
Devido à restrição para emissão de Certidão Negativa de Débito (CND), a Casa Cairbar estava impossibilitada…

23DEZ2017|  7:08   -  IMPRENSA CAM - Foto: ©Câmara Municipal de Araraquara

Não é segredo a grave crise que assola a Casa Cairbar Schutel – referência para o tratamento psiquiátrico e de dependência química em Araraquara e região. São aproximadamente 110 funcionários, 150 atendimentos por dia e uma dívida na casa dos R$ 9 milhões de reais. Mas, na reunião promovida na manhã de quinta-feira (21) entre diretores da entidade, parlamentares, secretárias municipais e o prefeito Edinho Silva (PT), foi dada uma boa notícia: a efetivação de convênio firmado com o Município para recebimento de repasse de recursos do Sistema Único de Saúde (SUS).

Os vereadores Juliana Damus e Roger Mendes, ambos do PP, presentes no encontro, foram os intermediadores da reunião com o Poder Executivo. “Sem a formalização do contrato, a situação da Casa Cairbar estava muito crítica. Há tempos estamos articulando esta possibilidade e agora tivemos a boa notícia”, colocou Juliana.

Devido à restrição para emissão de Certidão Negativa de Débito (CND), a Casa Cairbar estava impossibilitada oficialmente de receber os recursos oriundos do SUS, via convênio com o Município. No entanto, em decisão recente, a Justiça determinou, em caráter liminar, a suspensão da exigibilidade de emissão do documento. “Com isso, poderemos renovar nosso contrato, vencido desde março”, pontuou o diretor-presidente da instituição, Osvalte Nogueira.

De acordo com a Secretária Municipal de Saúde, Eliana Mori Honain, os detalhes sobre a renovação do convênio serão decididos em encontro previsto para janeiro. Para a mesma época, o Prefeito pretende reunir todas as prestadoras de serviço da área e também o Ministério Público, a fim de traçar uma política pública específica para a promoção da saúde mental.

“A ideia é articular uma Conferência Municipal para elaborarmos um plano para a saúde mental do Município”, afirmou Edinho Silva. A iniciativa foi aprovada pelo vereador Roger Mendes. “Com uma política própria para a saúde mental, os recursos poderão ser melhor administrados, para alcançar o resultado pretendido”, salientou.

Saiba como contribuir para a manutenção dos serviços da Casa Cairbar, acessando o site: www.casacairbar.org.br/ajudar.html

Confira mais fotos no Flickr da Câmara: https://flic.kr/s/aHsmb7HzRy

www.idnews.com.br

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *