Confira o ato “Fogo” da série ‘Infinito em todas as direções’

Confira o ato “Fogo” da série ‘Infinito em todas as direções’

| IDNews® | Brasil | José Angelo Santilli

O ato “Fogo” apresenta a composição homônima de Emiliano Sampaio e “Amanhecer” de Edvard Grieg.

IDN – Interior – São Carlos

Confira!

https://www.youtube.com/watch?time_continue=6&v=0yKAD9TRs1g&feature=emb_logo

O Laboratório Aberto de Interatividade da Universidade Federal de São Carlos (LAbI – UFSCar) em parceria com o Centro de Desenvolvimento de Materiais (CDMF) e com a Orquestra Experimental da UFSCar, disponibilizará uma série de vídeos do espetáculo interativo “Infinito em todas as direções”, que teve sua estreia em 2017.

Os vídeos de cada um dos atos do espetáculo serão lançados semanalmente nos sites e nas redes sociais do LAbI e do CDMF. A produção contou com um novo esforço de edição para contemplar parte das imagens projetadas na apresentação, permitindo uma experiência imersiva para a audiência.

O lançamento da série tem como objetivo oferecer opções culturais que possam ser fruídas em casa, estimulando a manutenção das práticas de distanciamento social necessárias para a contenção do avanço da COVID – 19. A iniciativa se soma às demais ações de combate à pandemia que estão sendo realizadas pelo LAbI e pelo CDMF.

O espetáculo é inspirado no livro homônimo do físico Freeman Dyson e carrega com ele a metáfora do Universo e suas dimensões infinitamente grandes e pequenas, além de infinitamente belas.

Partindo da ideia da Antiguidade de que os cinco elementos – Terra, Água, Fogo, Ar e Éter – seriam formadores de tudo o que existe, a apresentação conta a história da criação da matéria e da vida no Universo e em nosso planeta, aliando músicas e imagens ao conhecimento científico. Cada elemento representa um dado da criação: a Terra é a metáfora para o mundo material tal qual o conhecemos; a Água representa a origem da vida; o Fogo aparece como elemento transformador da matéria; o Ar traz a amplitude da racionalidade e inteligência humanas; enquanto o Éter leva ao espaço, ao infinito, representando a ponte entre os átomos e as galáxias.

O espetáculo, que será disponibilizado em seis episódios, foi idealizado por Adilson de Oliveira, professor do Departamento de Física (DF) da UFSCar e coordenador de difusão do CDMF, e por Maria Carolina Leme Joly, professora do Departamento de Artes e Comunicação (DAC) da UFSCar e regente da orquestra.

A obra apresenta nove músicas, sendo cinco delas inéditas, compostas especialmente para o projeto. As composições Terra, Água, Fogo, Ar e Éter são de autoria de Lenon Tagliaro, Tiago Pallone, Emiliano Sampaio, Guilherme Picolo e Vinicius Sampaio, respectivamente, com arranjos de Lucas Joly para as demais músicas. Além da performance da Orquestra, o concerto conta com narrações e projeção de vídeos produzidos pelo LAbI, também especialmente para o projeto.

Mais informações sobre o espetáculo estão disponíveis no site do espetáculo.

CDMF

O CDMF é um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (Cepids) apoiados pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), e recebe também investimento do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), a partir do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia dos Materiais em Nanotecnologia (INCTMN).

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *