Corpo de jovem de 19 anos é encontrado no interior de SP

Corpo de jovem de 19 anos é encontrado no interior de SP

| IDNews |Via Notícias ao Minuto |Brasil|

O suspeito foi preso e indicou o local onde deixou o corpo de Mariana Bazza

IDN/Polícia/SP

A polícia encontrou o corpo da jovem Mariana Bazza, de 19 anos, amarrado e amordaçado em um canavial na região de Itajú, cidade próxima à Ibitinga. Ela estava desaparecida desde a última terça-feira (24), quando saiu da academia e aceitou ajuda de um homem para trocar o pneu de seu carro.

O suspeito de 33 anos foi preso na noite de terça-feira e somente na manhã desta quarta-feira (25) confessou ter matado a garota. Ele indicou para os policiais onde havia deixado o corpo.

Mariana Bazza era estudante de fisioterapia e filha única. Sua família mora em Bariri, uma pequena cidade com 34 mil habitantes.  Da academia até o canavial onde foi encontrada são aproximadamente 15 quilômetros.

Uma história de amor interrompida

No dia 26 de agosto o namorado de Mariana, Jefferson Viana, fez uma linda declaração para a namorada nas redes sociais. No texto ele fala de sua preocupação por ela estudar à noite, e que só fica tranquilo ao saber que ela está em casa. Por ironia, o crime aconteceu pela manhã.

“Hoje me peguei pensando no que é o amor, fácil dizer eu te amo, mas saber o verdadeiro sentimento por trás dessa palavra que parece simples, porém tem grande poder… Antes dela pegar o ônibus para a faculdade eu novamente digo, “amor, tenha uma boa viagem e que Deus lhe acompanhe eu te amo”. Essas palavras resumem amor que nada aconteça contigo até o caminho da faculdade pois não suportaria viver sem você. E de noite quando está acabando o dia, fico aguardando ela retornar da faculdade e quando enfim sei que o dia dela nada de ruim aconteceu, então eu digo “amor tenha uma ótima noite durma muito bem e que Deus lhe abençoe, eu te amo”… essas palavras resumem meu amor, que bom que nada de ruim lhe aconteceu, estou feliz por você estar bem, e espero que descanse para que amanhã tenha um novo dia bom e belo…”.

Entenda o caso

Mariana desapareceu na manhã de terça-feira depois de aceitar a ajuda oferecida por um estranho para trocar um pneu furado, em Bariri, cidade do interior de São Paulo. Ela havia saído de uma academia de ginástica e encontrou seu carro com um pneu vazio. O homem a abordou e se ofereceu para fazer a troca, pedindo a ela que levasse o carro até uma chácara, do outro lado da avenida.

Uma câmera de segurança instalada na fachada do prédio registrou a abordagem. As imagens mostram que, uma hora depois, o veículo saiu da chácara, mas não é possível identificar o condutor. O carro foi achado vazio em uma cidade vizinha.

Sem ter notícias da jovem, que deixou de atender o celular, a família recorreu à polícia. A PM iniciou buscas na região, usando cães farejadores e um helicóptero. Amigos de Mariana se mobilizaram pelas redes sociais. O namorado dela, Jefferson Viana, contou que a jovem havia ligado para falar do pneu furado e enviou uma foto do rapaz trocando o pneu.

O delegado da Polícia Civil Durval Izar Neto pediu as imagens da câmera e identificou o suspeito. Ele foi encontrado escondido no telhado de uma casa, em Itápolis, cidade da região. Ouvido durante a madrugada de quarta-feira (25) ele negou envolvimento no sumiço da jovem. Conforme afirmou o delegado, o suspeito tem passagens por sequestro, estupro e tentativa de latrocínio, tendo saído da prisão há um mês. O delegado pediu a prisão temporária do rapaz para a sequência das investigações.

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *