Corpos encontrados no Paraguai podem ser de brasileiros desaparecidos

Corpos encontrados no Paraguai podem ser de brasileiros desaparecidos
Polícia paraguaia está investigando o caso e já prendeu sete pessoas por suspeita de envolvimento

02MAR2018|  8:18 - Avô e Neto  - Foto:  © Pixabay

Dois corpos encontrados no Paraguai podem ser de Alécio Dresch, de 73 anos, e do seu neto, Leonardo Farias Dresch, de 12 anos, brasileiros desaparecidos há quatro meses. Conforme relata o G1, avô e neto que viviam no oeste do Paraná, trocaram a cidade de Marechal Candido Rondon pelo Paraguai há dez anos. A polícia paraguaia está investigando o caso e já prendeu sete pessoas por suspeita de envolvimento.

Os corpos teriam sido achados pelos agentes na última quarta-feira (28), no distrito paraguaio de Nova Toledo, enterrados a cerca de 1,5 quilômetro de distância da região onde a família de brasileiros vivia. Eles moravam perto da fronteira entre o Paraguai e o Brasil, a 160 quilômetros de Cidade Del Leste.

De acordo com o portal, a linha de investigação seguida pela polícia é a de que o crime teria sido cometido por vingança familiar. Os corpos só foram encontrados por indicação de um dos suspeitos presos. “Ele deu o lugar exato onde essas pessoas estavam enterradas, então, é evidente que essa pessoa é um dos autores do crime, porque indicou com exatidão o local do crime”, contou o agente antissequestro Frederico Delfino ao G1.

Embora os exames de identificação dos corpos ainda não tenham sido finalizados, eles já foram liberados para a família.

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *