Criação de programa para jovens autistas é indicada ao Executivo 

Vereadora Filipa Brunelli (PT) busca promover inclusão desse grupo no convívio social


Compreendendo haver necessidade de ofertar aos jovens e adolescentes com Transtorno de Espectro Autista (TEA) um programa adequado para atender as suas demandas e que os ajude a romper as barreiras do primeiro emprego e potencializando suas habilidades, a vereadora Filipa Brunelli (PT) apresentou a Indicação nº 4.394/2021 à Prefeitura, sugerindo a criação de um programa de transferência de renda e inclusão social para jovens e adolescentes com TEA em situação de extrema vulnerabilidade social.

“Através da socialização e aperfeiçoamento da comunicação é possível uma maior inclusão social desses indivíduos, ao mesmo tempo que a transferência de renda ajuda a respaldar problemáticas sociais”, afirma a parlamentar no documento enviado ao Executivo no dia 7 de outubro.

TEA é o nome dado ao distúrbio de neurodesenvolvimento caracterizado por desenvolvimento atípico, manifestações comportamentais, déficits na comunicação e na interação social, padrões de comportamento repetitivos, podendo apresentar um repertório restrito de interesses e atividades.

“Sabemos hoje que existem diferentes manifestações de condição e que elas podem se apresentar de formar mais brandas até mais severas. Através de tratamentos e terapias comportamentais, é possível auxiliar os adolescentes e jovens com diagnóstico de autismo a se desenvolverem e conviverem melhor com outras pessoas e ter mais autonomia em suas vidas e atividades diárias. Mas é imprescindível um esforço por parte do poder público em trabalhar a inclusão dessas pessoas, a fim de conferir seu direito pleno à cidadania e à dignidade humana, no sentido de incluir estes que por vezes são excluídos do convívio social”, argumenta Filipa.

“Infelizmente, pela falta de tratamento e terapia adequados, bem como pela falta de oportunidades, esses adolescentes e jovens sofrem com o preconceito da sociedade, o que torna ainda mais difícil romper a barreira da comunicação e da socialização. Por essas razões, solicito que seja criado um projeto que atenda essas crianças e jovens, auxiliando-os no desenvolvimento e aprimoramento dessas áreas”, finaliza a vereadora.

| IDNews® | Brasil | Assessoria de Imprensa | Câmara Municipal de Araraquara

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *