Definida programação para a II Semana do Jovem Empreendedor

Definida programação para a II Semana do Jovem Empreendedor
Rafael de Angeli e Escola do Legislativo fecham parcerias e atividades para o evento

10:26 |Assessoria de Imprensa | 2018AGO07  |

O vereador Rafael de Angeli (PSDB), sempre em sintonia com as inovações tecnológicas e autor da Lei nº 004/17, que criou a Semana do Jovem Empreendedor, visitou na tarde desta sexta-feira (3), a Global Labs – Startup Studio, uma comunidade voltada aos negócios digitais, com o objetivo de convidar seu CEO, Iglá Generoso, e sua equipe, para integrarem o grupo de palestrantes da edição 2018, que acontecerá nos dias 3, 4 e 5 de setembro.

Ali, pôde conferir que o termo Aldeia Global (hoje globalização), criado e usado pela primeira vez em 1962 pelo filósofo canadense Herbert Marshall McLuhan, é mais que atual e praticado fortemente em Araraquara.

Após percorrer todas as dependências, acompanhado de Ana Paula Escamilha, assistente técnica da Escola do Legislativo da Câmara Municipal de Araraquara, também responsável pela organização do evento, e conhecer o espaço, o parlamentar ouviu de Generoso, que a Global Labs faz questão de participar da Semana, pois tem muito a mostrar para os jovens. “Vamos revelar como empreender digitalmente, falar sobre os negócios globais e como criá-los. Os jovens poderão conhecer vários cases tecnológicos, com exemplos de pessoas que estão empreendendo fora do Brasil e fazendo sucesso.”

“O evento está ganhando um corpo consistente, pois já temos três grandes parceiros para este ano. A intenção é inovar também na realização. Duas palestras serão proferidas no Plenário da Câmara e uma no auditório da Global Labs, no ambiente profissional de Startup”, frisou Angeli.

Palestras da II Semana do Jovem Empreendedor

Dia 03/09 – Equipe de Tecnologia de Informação (TI) do Senac – 19h – Plenário da Câmara

Dia 04/09 – Global Labs – Startup Studio – 14h – Av. 7 de Setembro, 371 – Centro

Dia 05/09 – Equipe Sebrae – 19h – Plenário da Câmara

Angeli e Ana Paula concordam que o objetivo da Semana do Jovem Empreendedor é qualificar, abrir horizontes e mostrar as novas possibilidades que se apresentam, principalmente no dinâmico setor das tecnologias, pois querem ser instrumentos de transformação social.

Fotos: https://flic.kr/s/aHsmkreFHS

Araraquara ganha espaço diferenciado de coworking Espaço Coworking Araraquara é ideal para startups, autônomos e empresas que procuram uma infraestrutura completa para realizar suas atividades No dia 8 de agosto, a Coworking Araraquara inaugura seu primeiro empreendimento na cidade. O prédio de dois andares, com mais de 300m², possui 16 estações de trabalho (mesas individuais com armário), três salas privativas, duas salas de reunião, uma sala de treinamento, ambiente externo para descanso, cozinha completa compartilhada, recepção e banheiros. "Trouxemos para Araraquara uma infraestrutura completa para oferecer aos clientes um novo conceito de escritório compartilhado, que tem como proposta a redução de custos, o aumento de produtividade e a possibilidade de fazer networking", destaca Lênin de Matos Silva, sócio administrador da empresa. O executivo explica que a ideia de investir em um espaço de coworking na cidade surgiu da própria necessidade. "Quando eu e minha sócia decidimos que queríamos diversificar nossos clientes e depois de muita procura não encontramos um escritório que se encaixasse às nossas expectativas, idealizamos o Coworking Araraquara", conta Lênin. A perspectiva com o novo negócio é atrair startups, profissionais autônomos, pequenas, médias e grandes empresas que buscam um local adequado e tranquilo para a prática de suas atividades. Entre os principais diferenciais da empresa, estão à infraestrutura planejada para um ambiente de coworking, a flexibilidade de planos e contratos, que podem ser fechados por hora, diário ou mensal, a capacidade de atender até 75 pessoas ao mesmo tempo, além de um espaço climatizado, acessível às pessoas portadoras de necessidades especiais e um local que foi construído pensando na sustentabilidade ambiental, que utiliza, por exemplo, água de chuva nos vasos sanitários e torneiras que não requerem água potável. Todos os espaços são mobiliados com mesas, cadeiras e armários. "O objetivo é que os coworkers sintam-se confortáveis para produzir e que sua única preocupação será realmente o trabalho", diz Lênin. Telefonia, internet, contas de luz e água, IPTU, limpeza, jardinagem, manutenção predial, monitoramento e sistema de alarme são obrigações dos administradores. O mercado de coworkings De acordo com o Censo Coworking Brasil, entre 2016 e 2017, houve um aumento de 114% no número de espaços de coworking no país. Para Matos Silva, esse crescimento é um reflexo direto do fluxo cada vez maior de empresas e empresários autônomos de escritórios convencionais para ambientes de coworking ao compartilharem espaços de trabalho. O Censo 2018 está para ser lançado e o setor espera outro crescimento no mercado. Para quem quiser conhecer o Coworking Araraquara, é só se dirigir a Rua Gonçalves Dias, nº 2367, no Jardim Primavera, em horário comercial. Mais informações pelo site www.coworkingararaquara.com.br.

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *