Detenções na fronteira dos EUA com o México alcançam maior marca da história

1,7 milhão de migrantes foram presos na fronteira dos Estados Unidos com o México


Agentes americanos detiveram mais de 1,7 milhão de migrantes na fronteira dos Estados Unidos com o México durante o ano fiscal de 2021, encerrado em setembro. A cifra é a mais alta já registrada, de acordo com dados do Serviço de Alfândegas e Proteção das Fronteiras (CBP, na sigla em inglês) obtidos pelo jornal The Washington Post.

As travessias ilegais cresceram no período após a posse do presidente Joe Biden, em janeiro deste ano. Os meses com mais detenções, de acordo com os registros, foram julho e agosto, quando mais de 200 mil migrantes foram presos na divisa entre os países.

Em uma audiência nesta terça-feira (19) no Senado americano com Chris Magnus, escolhido por Biden para chefiar a patrulha na fronteira, senadores republicanos caracterizaram a situação como uma crise migratória. Magnus, por sua vez, descreveu o cenário como um “desafio significativo”.

| IDNews® | Folhapress | Via NMBR |Brasil

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *