Direitos Humanos priorizará idosos, refugiados e LGBTs

Direitos Humanos priorizará idosos, refugiados e LGBTs
Luislinda Valois foi empossada nesta sexta-feira (3); jurista afirma que recebeu notícia sobre criação do novo ministério com surpresa

03JAN2017|17:02
Luislinda Valois

A nova ministra dos Direitos Humanos, Luislinda Valois, afirmou que deve priorizar políticas para idosos, LGBTs e refugiados, entre outros grupos minoritários, durante sua gestão.

A jurista, que até a quinta-feira (2) atuava como secretária de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, disse ter ficado surpresa pela nomeação ao cargo. Ela foi empossada nesta sexta (3) junto a Moreira Franco, que garantiu foro privilegiado ao assumir a Secretaria-Geral da Presidência, e .

De acordo com o jornal O Globo, Luislinda não foi consultada previamente sobre o ministério, mas disse que jamais se negaria a assumir o posto. “Não costumo fugir dos desafios”, afirmou.

Sobre a prioridade da nova pasta do governo, Luislinda destacou grupos minoritários. “Seriam idosos, crianças em situação de débito com a Justiça, mulheres encarceradas, LGBTs, que todo mundo quer excluir este povo não sei o porquê. Nós não somos donos de ninguém. E também os refugiados”, destacou.

A ministra disse, ainda, não ver resistência de do governo em implementar políticas relacionadas aos direitos humanos. “Tenho todo o espaço, não sei se é pela minha ousadia. Mas todos os projetos que tenho levado ao ministro da Justiça e ao presidente da República têm sido aprovados de pronto”, disse.

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.