Dois mortos, centenas de feridos em festival religioso nas Filipinas

Dois mortos, centenas de feridos em festival religioso nas Filipinas

Duas pessoas morreram e centenas ficaram feridas durante um festival religioso que junta anualmente multidões na capital das Filipinas, Manila

Mais de um milhão de pessoas assistiram à tradicional procissão do Nazareno Negro de Quiapo, uma das maiores celebrações religiosas do mundo, para ver e tentar tocar na imagem, em tamanho real, de Jesus Cristo enquanto é transportada pelas ruas da capital das Filipinas, o país mais fervorosamente católico da Ásia.

O padre Douglas Badong, da igreja de Manila onde a estátua se encontra — afirmou que uma sofreu um ataque cardíaco fatal. “Por causa da multidão e do calor o seu corpo não aguentou”, disse à agência AFP. Outro homem, de 27 anos, que supostamente sofria de problemas hepáticos, morreu depois de ajudar a transportar a estátua, segundo Douglas Badong.

A polícia indicou que no auge do festival religioso cerca de 1,5 milhões de pessoas participaram na procissão, que se estende por sete quilômetros.

Segundo a secretária-geral da Cruz Vermelha das Filipinas, Gwendolyn Pang, a organização, que tinha montado um hospital de campanha no local, prestou assistência a quase 1.600 pessoas que sofreram ferimentos durante as festividades, dos quais 55 considerados “casos graves”, como fraturas ou acidentes vasculares cerebrais, mais do dobro face ao ano passado.

Muitos encontravam-se já doentes, segundo indicou a mesma responsável à agência AFP. “Eles provavelmente pensaram que se participassem da procissão iriam melhorar”, acrescentou.

Os filipinos católicos acreditam que tocar na imagem ou no manto que a cobre permite a cura de doenças e dá sorte.

Segundo a lenda, a cor negra da imagem deve-se a um incêndio no navio que a transportou.

Apesar de queimada, os filipinos passaram a venerá-la e desde então atribuem-lhe muitos “milagres”.

A imagem encontra-se na Igreja de São João Baptista, onde termina a procissão, realizada anualmente a 9 de janeiro.

As Filipinas estiveram sob domínio de Espanha desde o século XVI até serem cedidas aos Estados Unidos em 1898, na sequência da guerra entre norte-americanos e espanhóis.

As Filipinas tornaram-se independentes em 1946, após terem sido ocupadas pelo Japão durante a II Guerra Mundial.

Notícias em Minuto

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *