Doze alunos serão premiados no I Concurso de Cartazes Sobre Prevenção ao Uso de Drogas de Santa Lúcia

Doze alunos serão premiados no I Concurso de Cartazes Sobre Prevenção ao Uso de Drogas de Santa Lúcia
De acordo com a equipe técnica de escolha, não houve nenhum trabalho eliminado, todos estavam dentro das regras do Concurso

02DEZ2017|  6:12   - Foto:  © Paula Cardoso

Foram escolhidos na manhã da sexta-feira (01) os 12 nomes de alunos ganhadores do I Concurso Municipal de Cartazes Sobre Prevenção ao Uso de Drogas da cidade de Santa Lúcia. A entrega dos prêmios aos alunos está marcada para próxima terça feira (5), às 19h30, na sede do Departamento de Educação de Santa Lúcia.

De acordo com a equipe técnica que atuou na escolha dos cartazes, todos estavam dentro dos requisitos do regulamento, não havendo nenhum trabalho eliminado.

“Todos os cartazes foram muito bem feitos. Por isso, foi bem difícil a escolha, porém, satisfatória. Os trabalhos demonstraram 100% de que os alunos entenderam o tema ‘O Papel da Família na Prevenção ao uso de drogas’ e a sua importância. Os professores estão de parabéns pelo trabalho de orientação e os alunos por se dedicarem na confecção da ideia nos cartazes”. Frisou Márcio Servino, especialista no tema e integrante da comissão técnica de escolha.

Além de Servino, a comissão técnica de escolha contou com a participação do sargento Flávio da Silva Claro, que também atuou como instrutor, em Santa Lúcia, do Programa da Policia Militar do Estado de São Paulo (PROERD), o diretor de escola EEBA Bento de Abreu, Stephenson Augusto de O. Soler e a jornalista Paula Cardoso.

A secretária da Educação, Marina Carla Ozias, explicou “que os membros da comissão técnica foram escolhidos a dedo, de forma que não fossem pessoas que tivesse envolvimento com os alunos para não influenciar no momento das preferências dos trabalhos”. Segundo ela, “mais de 400 alunos do ensino fundamental I e II participaram do concurso de Cartazes, porém, na próxima edição existe a possibilidade de ampliar para a participação de alunos de outras séries”.

Regras

A confecção dos cartazes teve a supervisão e orientação dos professores e seguiram algumas regras fundamentais: além dos alunos terem que trabalhar a temática sobre “O Papel da Família na Prevenção ao uso de drogas”, computou ponto a questão da expressão cultural da cidade.

Os trabalhos não poderiam conter símbolos nacionais, imagem registradas, desenhos de natureza apelativa, tais como, caveira, caixão, cemitérios, armas, pessoas fazendo uso de drogas, entre outros. Foi avaliado, segundo as regras, a criatividade, a coerência entre a produção do trabalho e a faixa etária, a consonância com o tema definido, boa apresentação, entre outros.

 

About Paula Cardoso
É formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo. O seu desempenho de 15 anos na área da Comunicação se deu no campo público e empresarial. Atuou como docente no SENAC – Araraquara oferecendo cursos na área de Cerimonial e Eventos, bem como Organização de Eventos em gerais. Coordenou o setor de Comunicação na Câmara Municipal de Araraquara e Cerimonial e Eventos na Prefeitura de Araraquara.

Paula Cardoso

É formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo. O seu desempenho de 15 anos na área da Comunicação se deu no campo público e empresarial. Atuou como docente no SENAC – Araraquara oferecendo cursos na área de Cerimonial e Eventos, bem como Organização de Eventos em gerais. Coordenou o setor de Comunicação na Câmara Municipal de Araraquara e Cerimonial e Eventos na Prefeitura de Araraquara.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *