Elias Chediek discute parceria entre Movimento Escoteiro e educação municipal

Elias Chediek discute parceria entre Movimento Escoteiro e educação municipal
O objetivo do projeto é desenvolver valores como cidadania e respeito entre os estudantes por meio do Escotismo

18.16| 29SET2016
Vitor Prado
Crédito das fotos: Assessoria de Imprensa da Câmara dos Vereadores

Cidadania, consciência ecológica, trabalho em equipe, responsabilidade social. Esses são apenas alguns dos muitos valores trabalhados pelo Movimento Escoteiro, reconhecido no mundo todo pelo estímulo à formação de jovens responsáveis pelo próprio desenvolvimento e engajados na sociedade. O chefe-presidente do Grupo Escoteiro Morada do Sol, Antonio Neves, conta que o grupo trabalha com base seis pilares: o físico, o caráter, o intelectual, o esportivo, o social e o afetivo. “Cada grupo tem uma vocação, um enfoque em um pilar. Mas caráter é o que se espera sempre do escotismo”, explica.

Reconhecendo o trabalho educacional desenvolvido pelo Movimento Escoteiro, o governo estadual promulgou, em setembro, a lei nº 16.304, que cria o Programa de Estímulo ao Escotismo nas escolas estaduais. Inspirado pela iniciativa estadual, o vereador Elias Chediek reuniu-se, nesta quarta-feira, dia 28/09, com os chefes escoteiros Antonio Rodrigues dos Santos Neves, Nilton Bueno Jr., Valnei Pinotti e Ana Paula Pinotti. Também participou da reunião a coordenadora de Políticas Educacionais da Secretaria de Educação Inês Marini.

“Hoje, o que mais falta no país são ações que beneficiem a formação das pessoas, com uma educação consistente e com responsabilidade. Estamos criando jovens muito individualistas, sem espírito de comunidade, participação, respeito pelo professor e pelos colegas”, aponta Chediek. “Entre os escoteiros, o espírito de coleguismo é desenvolvido de uma forma muito prática e eficaz. A ideia é levar o escotismo para dentro das escolas municipais. A nossa intenção é aprovar uma lei que viabilize essa colaboração”, destaca.

Antonio Neves explica que o objetivo do projeto é ampliar o Movimento Escoteiro. “Queremos passar, na formação desses cidadãos, todos os bons valores que o Escotismo traz para essas crianças, da vida em equipe, do respeito ao meio ambiente, do respeito ao próximo, entre tantos outros”. Neves avalia positivamente os resultados da reunião. “O município de Araraquara tem uma vocação fantástica para o lado educacional, pedagógico, e essa abertura é fundamental”, declara.

Na avaliação da coordenadora Inês Marini, o primeiro encontro foi muito produtivo. “Considero que todas as parcerias que possam contribuir para melhorar a atitude dos alunos na escola ou na convivência social são bem-vindas.” Há outras cidades com projetos parecidos em funcionamento. “Vamos estudar essas experiências para incorporá-las ao nosso projeto. Marcaremos novas reuniões para aperfeiçoar os detalhes até conseguir a concretização”, pontua Chediek.

idnews-usa_portal

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *