EMEF “Henrique Scabello” participa de projeto de escola sustentável

EMEF “Henrique Scabello” participa de projeto de escola sustentável
Vereadora Thainara Faria (PT) acompanha educadora em visita à escola

10MAI2017| 9h15 – Imprensa CAM

A EMEF “Henrique Scabello”, no Jardim das Hortênsias, foi a instituição escolhida pela educadora ambiental Ana Clara Nery da Silva para a implantação de um projeto de escola sustentável em Araraquara. A vereadora Thainara Faria (PT) mediou um encontro entre Ana Clara e a diretora da escola, Sandra De Santi, na última sexta-feira (5), para discutir detalhes do trabalho.

Ana Clara, que é araraquarense, idealizou o projeto a partir de uma especialização que está cursando no Laboratório de Educação e Política Ambiental da Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz” (Esalq-USP) de Piracicaba (SP). “Estamos pensando em estratégias para sair da atual crise de dimensões ambientais e relacionais que estamos enfrentando. Para isso, buscamos iniciativas que estabeleçam um novo equilíbrio, com ações coletivas que maximizem a nossa força. É um trabalho de formiguinha”, explica. “Para trazer o projeto à vida, pensei em três setores que pudessem trabalhar juntos: a sociedade civil, a universidade e os gestores públicos, formando um triângulo de forças.” A fim de concretizar esse triângulo, Ana Clara procurou a vereadora Thainara, que sugeriu a EMEF “Henrique Scabello” como o local para a implantação do projeto piloto, que será estendido, posteriormente, a outras instituições da cidade.

Primeiramente, Ana Clara levantou dados sobre Araraquara. O segundo passo foi procurar uma escola que tivesse interesse em participar do projeto. Depois de conversar com a diretora para a apresentação do trabalho, um questionário começou a ser aplicado aos diversos setores que compõem a escola: estudantes, professores, gestores e funcionários. “Esses questionários nos ajudarão a fazer um mapeamento da escola. Depois, trabalharemos todos juntos para a implantação do projeto de sustentabilidade.”

A diretora Sandra De Santi ficou muito satisfeita com a indicação. “A escola recebe ações sustentáveis da universidade com muita alegria, porque é uma instituição aprendente, viva e que faz parte do contexto da cidade, principalmente do entorno no qual está inserida. Nesse sentido, ações afirmativas são extremamente bem-vindas, pois nos ajudam a quebrar paradigmas. Temos de viver a escola e a sociedade do século XXI, e temos de promover ações do século XXI, vivendo para o coletivo.”

Quem também aprovou a iniciativa foi a aluna do 9º ano Danielle Aparecida Del Santos. “Acho que esse projeto pode ser muito importante para nós. Aprender mais sobre o ambiente, ter um estudo mais diversificado. Experiências novas são sempre boas. Acho que isso seria bem legal e diferente para o nosso aprendizado.”

Thainara é uma grande apoiadora de projetos voltados para um ambiente sustentável. “Considero importantíssima a parceria entre o Legislativo e os demais órgãos da sociedade. Estar na escola junto com a universidade, conversando com os alunos, faz com que nos aproximemos cada vez mais da comunidade. A sociedade civil precisa estar preparada, para que possamos ter cidadãos conscientes, que saibam o que é uma escola sustentável”, declara a parlamentar.

Confira as fotos no site: https://flic.kr/s/aHskUCfKFA

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *