Estudante da USP acusado de estupro obtém registro de médico

Estudante da USP acusado de estupro obtém registro de médico
Daniel Tarciso da Silva Cardoso está exercendo a profissão em Pernambuco

02JUN2017|  9h47 - Estupro - CRM

Daniel Tarciso da Silva Cardoso, que foi réu sob a acusação de cometer estupro em uma festa da USP e absolvido em primeira estância em fevereiro deste ano, obteve o seu registro de médico no Conselho Regional de Medicina de Pernambuco e já está exercendo a profissão normalmente.

Uma série de protestos foram realizados na Faculdade de Medicina da USP no ano passado. O Conselho Regional de Medicina de SP chegou a dizer em novembro do ano passado que negaria o registro a Daniel até que a universidade apurasse o caso. No entanto, ele não chegou a fazer o pedido no estado.

Ele se dirigiu ao CRM de Pernambuco e apresentou os documentos necessários, segundo o órgão informou à jornalista Mônica Bergamo da Folha de S. Paulo. Daniel teve o seu registro liberado em abril deste ano.

O advogado de Daniel disse que o seu cliente está exercendo a medicina em Pernambuco, pois não cometeu crime algum.

Leia também:

Daniel Tarciso da Silva Cardoso, que foi réu sob a acusação de cometer estupro em uma festa da USP e absolvido em primeira estância em fevereiro deste ano, acaba de obter o seu registro de médico no Conselho Regional de Medicina de Pernambuco.

Uma série de protestos foram realizados na Faculdade de Medicina da USP no ano passado. O Conselho Regional de Medicina de SP chegou a dizer em novembro do ano passado que negaria o registro a Daniel até que a universidade apurasse o caso. No entanto, ele não chegou a fazer o pedido em São Paulo.

Ele se dirigiu ao CRM de Pernambuco e apresentou os documentos necessários, segundo o órgão, e teve o seu registro liberado em abril deste ano.

A defesa do médico alega que o seu cliente está exercendo a profissão em Pernambuco, pois não cometeu crime algum.

 

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

2 comentários em “Estudante da USP acusado de estupro obtém registro de médico

  • 2 de junho de 2017 em 20:38
    Permalink

    A justiça o julgou e se ele foi inocentado é porque tinha provas disso…precisamos pensar em como qualquer noticia ou atitude pre conceituosa pode alterar vidas de pessoas inocentes pelo prisma de pessoas maldosas…esse menino pode estar sendo difamado por algo que nao fez…vcs ja pensaram nisso??? Sua vida pode ser arruinada por conta dessa difamação… vejm o processo, a vitima nao consegue comprovar tal fato…
    Isso é um absurdo , chega de sermos massa de manobra de movimentos sem objetivo!!!!!!!

    Resposta
    • 3 de junho de 2017 em 09:08
      Permalink

      Bom dia Tiago,

      Mande-nos a documentação referente a isso e claro que nos retrataremos, nossa fonte é confiável por esse motivo publicamos.
      Mas obrigado pelo alerta.

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *