Eventual candidatura de Dilma ao Senado cria tensão entre PT e MDB

Eventual candidatura de Dilma ao Senado cria tensão entre PT e MDB
Nome da ex-presidente no concorrido cenário político mineiro tem causado ruídos

8:39 |Racha |2018ABR30 - Foto:  © Ueslei Marcelino/Reuters

As articulações em torno da eventual candidatura da ex-presidente Dilma Rousseff ao Senado por Minas Gerais estão ampliando o desconforto entre o PT e o MDB.

De acordo com o UOL, a intenção da ex-presidente era aproveitar o desgaste do PSDB no cenário político mineiro por conta das investigações contra os senadores Aécio Neves (PSDB) e Zezé Perrella (MDB). A candidatura se tornou ainda mais viável após Aécio ter virado réu por corrupção passiva e obstrução de Justiça em um processo do Supremo Tribunal Federal (STF).

A possível candidatura de Dilma causou incômodo no MDB de Minas, que queria ter o caminho aberto para encabeçar candidaturas para as duas cadeiras no Senado. Segundo a reportagem, os dois partidos chegaram a pensar em uma alternativa para não atrapalhar os planos do MDB: a ex-presidente poderia se candidatar a deputada federal.

Acontece que o projeto não teria agradado Dilma, já que parte da bancada do MDB votou pelo impeachment dela, em 2016. “A Dilma ia ajudar a eleger golpista? Não faz o menor sentido”, diz o deputado estadual Rogério Corrêa (PT-MG).

Oficialmente, o MDB nega este racha. A assessoria da ex-presidente ainda não se manifestou sobre o caso.

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *