Ex-marqueteiro do PT assina acordo de pré-delação

Ex-marqueteiro do PT assina acordo de pré-delação
O acordo ainda está em fase de negociação, o que significa que os dois ainda não prestaram qualquer depoimento aos procuradores
8:50| 21/07/2016
PGR

Já está o assinado o termo de confidencialidade com a Procuradoria-Geral da República (PGR), para dar início ao acordo de delação premiada do ex-marqueteiro do PT João Santana e sua mulher e sócia, a empresária Mônica Moura. O objetivo é realizar uma delação em dupla.

Segundo o jornal O Globo, o acordo ainda está em fase de negociação, o que significa que os dois ainda não prestaram qualquer depoimento aos procuradores. O termo de confidencialidade é uma pré-delação e antecede a assinatura do acordo com a Justiça. Nesta quinta-feira (21), os dois se encontram pela primeira com o juiz da 13ª Vara da Justiça Federal em Curitiba, Sérgio Moro

Eles serão interrogados pelo suposto recebimento de US$ 4,5 milhões (R$ 14,6 milhões) em 2013 e 2014 do representante no Brasil do estaleiro Keppel Fels e fornecedor da Petrobras, o engenheiro Zwi Skornick.

Noticias

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *