Facebook e Twitter podem ter sentenças de prisão

Facebook e Twitter podem ter sentenças de prisão
Os trabalhadores da rede social podem enfrentar castigos se avisarem os seus usuários que estão sendo vigiados pela polícia ou serviços de segurança

Quando as medidas de vigilâncias previstas na conhecida Power Bill entrarem em vigor no Reino Unido, os funcionários de redes sociais como o Facebook ou o Twitter poderão enfrentar até dois anos de prisão se revelarem aos usuários que estão sendo vigiados pelos serviços de segurança.

Esta lei prevê que entidades de segurança governamentais tenham poderes para investigar os usuários sem precisarem de um mandato, o que colocaria em causa o desejo das redes sociais e outras empresas de se manterem à parte de questões de segurança, vigilância interna e se manterem como um porto seguro aos olhos dos internautas.

Segundo o Mirror, estes castigos preveem contrariar estas intenções, alegando que tal aviso aos usuários poderá interferir com investigações e colocar em causa a prevenção de crimes e atentados terroristas.

Notícias em Minuto

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *