Felipão diz que Palmeiras é cobrado para ‘ganhar de todo mundo’

| IDNews | Estadão Conteúdo | Via Notícias ao Minuto  | Foto: © Reuters

“Não é porque o Palmeiras tem muitos jogadores que precisa ganhar de todo mundo. Isso é um absurdo”, reclamou o treinador

O técnico Luiz Felipe Scolari aprovou a atuação do Palmeiras no empate por 0 a 0 com o Santos, sábado, no Allianz Parque, pelo Campeonato Paulista. Na opinião do treinador, o time tem demonstrado evolução ao longo dos jogos, mas tem existido uma cobrança exagerada em cima de sua equipe.

“Não é porque o time permaneceu o mesmo do ano passado que temos mais qualidade que as outras equipes. Não é porque o Palmeiras tem muitos jogadores que precisa ganhar de todo mundo. Isso é um absurdo”, reclamou o treinador, lembrando que a equipe foi campeã brasileira na temporada passada e não perdeu nenhum de seus principais jogadores.

Apesar do desabafo, o treinador está feliz com o time. “O repertório está bom e temos criado oportunidades. E, quando se cria oportunidades, a gente não pode reclamar de nada, não. O que a gente pode cobrar da equipe e dos jogadores é qualidade no último chute, no último cabeceio. E isso a gente faz durante a semana”, garantiu.

Preocupado com a qualidade das finalizações, Felipão “ganhou” mais um reforço no ataque, que é Deyverson. O Palmeiras chegou a negociar a sua ida ao futebol chinês, mas ele decidiu ficar e deverá voltar a ter oportunidades quando estiver liberado de gancho.

Deyverson cumpre uma suspensão de seis jogos pela expulsão no clássico com o Corinthians, quando deu cusparada no volante Richard. Ele ainda ficará fora das partidas contra Ituano, Mirassol e São Paulo e poderá retornar para encarar a Ponte Preta, pela última rodada da primeira fase do Paulistão. O atacante também pode jogar na Libertadores pelo Palmeiras.

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *