Fim de restrição, Congonhas terá mais voos para nordeste

Fim de restrição, Congonhas terá mais voos para nordeste

Gol, Azul e Avianca já pediram os primeiros voos para Recife, Natal e Fortaleza, com a derrubada, em dezembro, da restrição

Após nove anos sem voos para o Nordeste, o aeroporto de Congonhas voltará a oferecer voos para as principais capitais nordestinas.

De acordo com a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), a interrupção, em vigor desde 2007, limitava a distâncias de voos, partindo do Congonhas, a uma distância de 1.500km em linha reta. Segundo a agência, os voos foram interrompidos depois do acidente no aeroporto com um avião da TAM. Também foi limitado o número de pousos e decolagens a 34 por hora e apenas uma das pistas pode ser utilizada.

Segundo informações da Folha de S.Paulo, Gol, Azul e Avianca já pediram os primeiros voos nas novas rotas com a derrubada, em dezembro, da restrição.

Com essas mudanças, o setor espera uma retomada diante do cenário de retração, com o aumento do dólar e da recessão. As empresas têm anunciado corte na oferta de assentos.

A Gol planeja voar para Fortaleza, Natal, João Pessoa e Maceió ainda neste semestre, diz Alberto Fajerman, diretor de relações institucionais da Gol. Além de já garantir 26 frequências semanas (ida e volta), a partir de 28 de janeiro, em voos de Congonhas para o Recife.

A Avianca garantiu um voo para Fortaleza aos sábados, com volta aos domingos, com início em 20 de fevereiro. Enquanto a Azul voará para Recife, Maceió e Natal, com um voo semanal, aos sábados.

Ressalta-se que o limite imposto de 34 movimentos de pouco e decolagem por hora se mantém.

Noticias Em Minuto

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *