Gincelogista ensina como lavar a calcinha de forma certa para evitar coceiras

Gincelogista ensina como lavar a calcinha de forma certa para evitar coceiras

Para garantir que não haverá alergia, coceira ou irritação na vulva (a parte externa da genitália), é preciso tomar alguns cuidados simples

Muitas mulheres costumar lavar suas calcinha a mão durante o banho com medo de que a lavagem na máquina não evite contaminações e prejuízos para a vagina.

Segundo a ginecologista e obstetra Patrícia Arie, é perfeitamente possível lavar a calcinha na máquina sem prejudicar a saúde íntima. Mas para garantir que não haverá alergia, coceira ou irritação na vulva (a parte externa da genitália), é preciso tomar alguns cuidados simples. Veja abaixo:

1. Montagem da máquina

Encha a máquina apenas com calcinhas, sem colocar junto outras roupas do dia a dia, como blusas, meias e pijamas. Essa recomendação é feita principalmente porque a lavagem de calcinha tem que ser mais suave que as outras.

2. Produtos para a lavagem

Coloque pouca quantidade de sabão em pó na máquina e não use amaciante. Essa é uma maneira de garantir que não fiquem resíduos desses produtos nas peças. Amaciantes estão entre as principais causas de dermatite de contato na vulva, aquela alergia, que geralmente causa coceira e vermelhidão.

3. Tipo de lavagem

Opte pelo duplo enxágue ou lavagens longas, de acordo com as opções disponíveis em sua máquina de lavar. Isso faz com que a peça seja lavada apenas com água mais de uma vez e ajuda a eliminar restos dos produtos nas peças íntimas.

4. Secagem

Por fim, estenda a peça no varal – nunca no box – e garanta que o ambiente esteja bem arejado.

i_d_P&B

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *