Guarda civil mata ciclista com três tiros após discussão

| IDNews | Via Notícias ao Minuto  | Foto: © Rafael Neddermeyer/ Fotos Públicas

Ele alegou legítima defesa

Um Guarda Civil Municipal (GCM) baleou e matou um ciclista de 29 anos, em Praia Grande, no litoral de São Paulo, na tarde de segunda-feira (4).

A prefeitura informou em nota que “o guarda envolvido foi afastado para a apuração, conforme procedimento habitual da Guarda Civil Municipal em casos desse tipo”.

O caso ocorreu na Avenida Ministro Marcos Frente, próximo ao Viaduto 5. O delegado titular da Delegacia Sede do Município, Sergio Lemos Nassur, afirmou que o homicídio envolveu legítima defesa do guarda.

A polícia contou que a viatura estava em patrulhamento pela área quando os guardas presenciaram uma discussão entre um ciclista e o motorista de um carro. O ciclista teria sido fechado pelo motoristae, como não houve danos, o motorista foi liberado e as partes orientadas.

No entanto, de acordo com o G1, o guarda afirma que o ciclista teria continuado no local e passou a ofendê-lo. Ele teria embarcado na viatura para ir embora quando o ciclista foi em direção ao motorista e tentou tirá-lo de dentro do carro.

O guardo disse ainda que usou o gás de pimenta para tentar conter o ciclista, que mesmo assim foi em sua direção e lhe deu dois socos. O ciclista teria tentado se apoderar da arma e, durante o embate, os dois foram ao chão. Nesse momento, o guarda disparou contra o homem.

A ambulância foi acionada e constatou o óbito no local.

Um inquérito policial será instaurado e a Polícia Civil irá investigar o caso.

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor - Câmera -

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor - Câmera -

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *