II Encontro Regional de Prevenção ao Uso de Drogas enche auditório da Biblioteca Municipal

II Encontro Regional de Prevenção ao Uso de Drogas enche auditório da Biblioteca Municipal
Evento organizado pela Liga da Prevenção – Line Araraquara discutiu temas polêmicos, como a descriminalização e liberação do uso de drogas.

28NOV2017|  7:03 - Paula Cardoso   - Foto:  © Paula Cardoso

“Tornou-se um círculo vicioso a descriminalização e liberação do uso de drogas. É preciso ampliar o foco na prevenção e tratamento. Enquanto essas questões não estiverem equacionadas não poderemos avançar sobre a descriminalização ou não da maconha, por exemplo”, disse a psicóloga Valéria Brasil, que palestrou no II Encontro Regional de Prevenção ao Uso de Drogas, promovido pela Liga da Prevenção de uso de drogas – LINE Araraquara. O evento foi realizado na manhã do sábado, dia 25, na Biblioteca Mário de Andrada e contou com a participação de pessoas de mais sete cidades da região.

O auditório ‘Edna Nogueira’ da biblioteca, ficou lotado de pessoas que acompanharam as discussões sobre os temas: “Os ricos do consumo de álcool e drogas entre jovens e adolescentes”, conduzido por Fernando Luiz Muniz, e o “Círculo vicioso da liberação e proibição das drogas”, discutido pela psicóloga Valéria Brasil.

De acordo com o psicólogo Muniz, “a adolescência é uma das fases mais complicadas e precisamos ficar atentos; eles não se enxergam nem como criança e nem adulto, por isso, passam por conflitos e, por consequência, aparece uma brecha para a introdução das drogas, independente de característica, legalizada ou não”, enfatizou.  Para ele, “a condição do adolescente, que está em formação, se não for monitorada, pode leva-lo ao um mundo sem volta”.

O membro fundador da Liga – Line Araraquara, especialista Márcio Servino, informou que no próximo dia 15 sairá uma van com membros da Liga Araraquarense, com destino à capital para receberem prêmios de destaque pelo trabalho desenvolvido no município. Outras cidades também estarão presentes, mas garante, “Araraquara está com o trabalho bem avançado. Saímos na frente e garantimos uma atuação diferenciada. Somos um grupo da sociedade civil bem organizado que visa um único propósito: a prevenção das drogas”, enfatiza.

Entretanto, o fundador da Liga Araraquara explica que, “já existem 13 Lines organizadas em cidades diferentes. Todos estão se fortalecendo e trabalhando muito em seus municípios para garantir as discussões e ações que poderão mudar o comportamento de muitas crianças, jovens e adolescentes” disse. Ele ainda agradece a confiança da doutora em psicologia clínica, Valéria Brasil em seu trabalho, o auxiliando na construção da Liga em Araraquara, assim como, também, do especialista, idealizador da Liga na capital paulista, Florentino dos Santos Filho, que esteve também palestrou no I Encontro de Prevenção, realizado em agosto, deste ano.

Ações

Dia 15 de dezembro, membros das 13 cidades, onde há grupos atuantes da Liga da Prevenção, irão se reunir no plenário da ALESP para receberem o Prêmio Master de Prevenção. Será premiado um membro de cada Liga, representando as cidades atuantes; Araraquara está entre elas.

Em 2018, além do Seminário Nacional que está sendo formatado pelas Ligas da Prevenção, existe o projeto de encontro a ser realizado por regiões periféricas de cada município. Segundo Servino, “a proposta é levarmos informações sobre a temática para todas às famílias, baixa renda ou não, mas com o intuito de chamá-los para a responsabilidade da prevenção, que funciona e é de todos”, finalizou.

 A Liga

É um movimento construído pela sociedade civil, dinâmico, heterogêneo e pós-moderno, focado nos três níveis de prevenção (universal, seletiva e indicada) da relação dos sistemas sociais com as drogas.

Servino explica que todos estão convidados a participar do grupo. Mais informações no telefone: 16 99738 – 1329.

About Paula Cardoso
É formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo. O seu desempenho de 15 anos na área da Comunicação se deu no campo público e empresarial. Atuou como docente no SENAC – Araraquara oferecendo cursos na área de Cerimonial e Eventos, bem como Organização de Eventos em gerais. Coordenou o setor de Comunicação na Câmara Municipal de Araraquara e Cerimonial e Eventos na Prefeitura de Araraquara.

Paula Cardoso

É formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo. O seu desempenho de 15 anos na área da Comunicação se deu no campo público e empresarial. Atuou como docente no SENAC – Araraquara oferecendo cursos na área de Cerimonial e Eventos, bem como Organização de Eventos em gerais. Coordenou o setor de Comunicação na Câmara Municipal de Araraquara e Cerimonial e Eventos na Prefeitura de Araraquara.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *