Implantação da 6ª Vara Cível vai agilizar processos em Araraquara

Implantação da 6ª Vara Cível vai agilizar processos em Araraquara, diz Chediek

Com a proposta de melhorar a prestação jurisdicional, o Fórum de Araraquara passa a contar com a 6ª vara cível em sua Comarca. Ela foi inaugurada nesta terça-feira, dia 22, com a presença do presidente do Tribunal de Justiça, Paulo Dimas. O presidente da Câmara, Elias Chediek (PMDB), representou o Poder Legislativo, e comemorou a implantação do espaço que agilizará parte das 75,2 mil ações em andamento no Fórum.

“Isso certamente irá desafogar os processos e Araraquara está de parabéns por estar sempre avançando e ter um dos melhores Fóruns do Estado”, diz Chediek lembrando que pelo prédio circulam 1.100 pessoas por dia. A cidade tem 21 juízes e 275 servidores em três varas Criminais, duas de Família e de Sucessões, da Fazenda Pública, uma da Infância e Juventude e do Idoso, um Juizado Especial Cível e uma do Júri e das Execuções Criminais.

A inauguração foi no salão do Júri. Além do presidente do TJ, ainda estavam presentes o desembargador Ademir de Carvalho Benedito, que é vice-presidente do Tribunal de Justiça, e os também desembargadores Sandra Maria Galhardo e Carlos Alberto Violante, respectivamente, coordenadora e coordenador adjunto da 13ª Circunscrição Judiciária. Até novembro, a 6ª Vara Cível terá uma distribuição diferente de processos: receberá o triplo do volume normal por quatro meses e o dobro nos quatro meses restantes.

Para o presidente do TJ, o objetivo é melhorar o serviço do Poder Judiciário. “Uma das situações identificadas era a necessidade da 6ª Vara Cível na Comarca de Araraquara. E tenho a impressão que isso trará um grande benefício permitindo um julgamento mais célere das causas cíveis que serão apresentadas por aqui”, destaca Paulo Dimas, lembrando que além da criação de novas Varas, uma das frentes de trabalho é a implantação do processo 100% digital.

Diretor do Fórum de Araraquara há quase 30 anos, o juiz Heitor Luiz Ferreira do Amparo, sabe bem da importância da implantação da 6ª Vara Cível. Criada há 16 anos, ela foi dando espaço para outras mais prioritárias, até chegar agora. “O serviço aumentou muito e havia essa necessidade. O que isso significa em termos práticos? Melhor distribuição do serviço judiciário, decisões mais rápidas e o beneficiário final é a população. ”

Caberá ao juiz João Roberto Casali da Silva, assumir a titularidade da 6ª Vara Cível. Também estiveram presentes na inauguração o secretário municipal da administração, Delorges Mano, o defensor público Frederico Teubner de Almeida e Monteiro, o juiz Marcos Antônio Corrêa, o procurador do Estado Chefe da Seccional, João Luis Faustini Lopes, o presidente da OAB local, João Milani Veiga, além dos juízes da Comarca de Araraquara, representantes das Polícias Civil, Militar, Rodoviária e diretores dos Fóruns da região.
i_d_P&B

 

Câmara Municipal

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor - Câmera -

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor - Câmera -

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *