Indicação aponta falta de ressonância magnética de campo aberto no sistema público 

 

Documento é de autoria do vereador João Clemente


Na terça-feira (21), o vereador João Clemente (PSDB) protocolou a Indicação nº 3.249/2022, sugerindo que o setor competente da Prefeitura estude a possibilidade de realização do exame de ressonância magnética de campo aberto na rede pública municipal de saúde.

Segundo o parlamentar, pessoas com claustrofobia, obesas, e as que não podem ser expostas a radiações ionizantes, possuem restrições à realização do exame de campo fechado. Clemente argumenta que é possível fazer o procedimento de campo aberto com a devida avaliação médica, facilitando, assim, a detecção precoce de algumas enfermidades.

“Nosso mandato é pautado pelo diálogo propositivo e, com dedicação, empenho, amor ao próximo e proposições pertinentes ao Executivo, podemos melhorar ainda mais os serviços públicos de saúde prestados em Araraquara”, finalizou o vereador.

| IDNews® | Brasil | Assessoria de Imprensa | Câmara Municipal de Araraquara

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.