Justiça manda prender Rennan, funkeiro idealizador do ‘Baile da Gaiola’

| IDNews | Via Notícias ao Minuto  | Foto: © Reprodução/Facebook

O funkeiro já gravou com Nego do Borel e participou do bloco Fervo da Lud, de Ludmilla

A Justiça do Rio determinou nesta sexta-feira (22) a prisão do funkeiro Rennan da Silva Santos, de 25 anos, popularmente conhecido como DJ Rennan da Penha, por associação ao tráfico de drogas. Com a condenação, ele deve cumprir seis anos e oito meses em regime fechado

Segundo o desembargador Antônio Carlos Nascimento Amado, citado pelo jornal “Extra”, o DJ atuava como “olheiro” do tráfico e, ainda, era responsável pela organização de bailes e produção de músicas que enalteciam traficantes. Além dele, outras dez pessoas estão envolvidas no mesmo processo.

“O 35º denunciado Rennan, vulgo ‘DJ Rennan’, e o 36º denunciado, Lucas, exercem a função de ‘atividade’ ou ‘olheiro’, eis que relatam a movimentação dos policiais. Ademais, destaca-se que o 35º denunciado Rennan, vulgo ‘DJ Rennan’, e o 36º denunciado Lucas atuam organizando bailes clandestinos nas comunidades e produzindo músicas (‘funks’) enaltecendo o tráfico de drogas”, diz o texto.

O funkeiro chegou a ser inocentado na primeira instância, mas foi condenado em segunda instância após recurso do Ministério Público do Rio (MP-RJ).

A produção do DJ Rennan da Penha foi procurada pela reportagem do “Extra” e informou que iria entrar em contato com o advogado cantor. Porém, o contato não foi retornado.

Rennan é um dos idealizadores de um dos mais populares bailes funks do Rio de Janeiro, o  “Baile da Gaiola”, promovido na Vila Cruzeiro, no Complexo da Penha, Zona Norte da cidade. O funkeiro já gravou com Nego do Borel e participou do bloco Fervo da Lud, de Ludmilla.

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor - Câmera -

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor - Câmera -

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *