Lula vê força para reagrupar esquerda e diz que não aceitará injustiça

Lula vê força para reagrupar esquerda e diz que não aceitará injustiça
O petista será julgado pelo TRF no primeiro semestre de 2018 e pode se tornar inelegível

03DEZ2017|  6:53 - Ex-presidente   - Foto:  © Reuters

O resultado da pesquisa Datafolha divulgado nesse sábado (2) consolida o ex-presidente Lula como líder na corrida eleitoral de 2018 e o deputado Jair Bolsonaro na segunda colocação. No primeiro cenário proposto pelo instituto aos entrevistados, Lula aparece com 34% das intenções de voto, seguido por Bolsonaro (17%), Marina Silva (9%), Geraldo Alckmin (6%) e Ciro Gomes (6%).

 Segundo destaca a coluna Painel, da Folha de S. Paulo, os números dão força à ofensiva de Lula para reagrupar a esquerda em torno de seu nome. Na última semana, o petista se reuniu com dirigentes de siglas que, historicamente, foram suas aliadas. Lula reafirmou estar disposto para sustentar a candidatura até o fim e disse que não aceitará “passivamente uma injustiça”, ou seja: nova condenação.

No entanto, quem conhece os trâmites do TRF-4 acredita que o processo que poderá tornar o petista inelegível será julgado no primeiro semestre de 2018.

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *