Mas uma vez o DAAE de Araraquara usando da prepotência.

Mas uma vez o DAAE de Araraquara usando da prepotência.

| IDNews®|Brasil | Beto Fortunato

Fomos surpreendido por volta das 14 horas por um representante de serviços do DAAE, com uma moto caracteriza de número 34, querendo entrar em nossa propriedade para troca de hidrometro.

 

Perguntamos o porque, uma vez que o instalado estava funcionando muito bem tendo uma leitura coesa todos os meses, girando por volta dos mesmo valores com pequenas variações.

 

O funcionário argumentou que iria trocar porque é um procedimento do DAAE, para que marcasse 100% do consumo, ou seja ELES NÃO ADMITEM O NORMAL, QUEREM CADA VEZ MAIS EXPLORAR O POVO de alguma maneira, mesmo que a coisa esteja funcionando corretamente.

Fui informado que se eu quisesse pedir uma aferição do hidrometro teria que pagar uma taxa de R$115,00, o que é um absurdo.

 

Convenhamos, nos dias de hoje com tantos golpes, furtos e roubos, até assassinato, causa estranheza que não tenhamos sido notificados dias antes da visita do funcionário, que se apresentou já munido de ferramentas nas mãos quando fomos atender a porta.
DETALHE: EM NENHUM MOMENTO O ELEMENTO USAVA MÁSCARA, mesmo com a presença de nossos 4 netinhos de 1, 3, 4 e 9 anos de idade.

Argumentamos que iriamos fotografar o serviço para posterior contestação, e nesse momento fomos ameaçados, primeiro de processo caso o fotografássemos e depois nos informou de uma forma ríspida que iria chamar a polícia o que concordamos plenamente, assim faríamos um BO, mas a PM não foi chamada e ai veio nova ameaça, caso não permitíssemos a entrada dele, o DAAE nos notificaria e seríamos obrigados a colocar o hidrometro para o lado de fora porque dessa forma ele ( o DAAE) poderia mexer sem prévio aviso para todo e qualquer serviço que achassem por bem fazer.

Diante do exposto não nos restou qualquer alternativa e tivemos que permitir a troca, mesmo correndo o risco de uma contaminação, o que seria desastroso pois todos aqui pertencem ao grupo de alto risco, temos idade avançada e com cardiopatia grave além de diabetes.

 

CASO MAIS ALGUÉM QUEIRA DENUNCIAR ABUSOS DO DAAE MANDE-NOS SE POSSÍVEL COM FOTO OU VÍDEO PELO E-MAIL

[email protected]

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *