Mentiroso e machista, diz Marta Suplicy sobre grampo de Lula

Mentiroso e machista, diz Marta Suplicy sobre grampo de Lula, na conversa divulgada pelo juiz Sérgio Moro, Lula e Jaques Wagner ironizam o fato de Marta Suplicy ter sido vaiada durante protesto no último domingo (13)

A senadora Marta Suplicy (PMDB-SP) considerou “mentiroso e machista” o grampo em que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ironiza as vaias recebidas pela ex-petista no protesto a favor do impeachment, no último domingo, na avenida Paulista.

Como destaca a Folha de S. Paulo, no diálogo de Lula com o então ministro Jaques Wagner, o ex-presidente diz que a senadora “teve que se trancar na Fies. Foi chamada de puta, vagabunda, vira-casaca”. Wagner responde: “É bom pra nega aprender”.

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, e o senador mineiro Aécio Neves, ambos do PSDB, também foram vaiados no protesto do último domingo (13). No entanto, a senadora divulgou nota afirmando que não foi vaiada.

Marta considerou o conteúdo das conversas “deplorável” e disse que concorda com as declarações do ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Celso de Mello de que classificou as falas como “ofensivas e grosseiras. Uma reação torpe e indigna”.

As chamadas telefônicas entre Lula e Wagner foram reveladas após o fim do sigilo decidido pelo juiz Sergio Moro, em Curitiba, decretado nesta quarta-feira (16), no âmbito das investigações da Operação Lava Jato.

Noticias

 

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor - Câmera -

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor - Câmera -

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *