Moradores programam despejar lixo juntado em via pública na porta da prefeitura

Moradores programam despejar lixo juntado em via pública na porta da prefeitura

Vizinhança se organiza para ato coletivo devido o descaso com a população pela falta de limpeza pública na cidade

Chegou a nossa redação esta informação e resolvemos publicá-la, a população de Araraquara não aguenta mais tanto pouco caso com a cidade, que já foi um exemplo de limpeza.

Moradores do bairro do Carmo em área central da cidade estão cansados de fazerem a limpeza que deveria ser feita pela prefeitura que não faz e nem notifica proprietário de terreno da Vivenda Nobre no antigo asilo municipal.

Por diversas vezes a empresa foi notificada por moradores e nada acontece. A prefeitura também já foi comunicada pela imprensa e se comprometeu fazer o serviço e notificar a empresa proprietária. Moradores da região também reclamam que há cerca de três meses não passa varredores da prefeitura no entorno do imóvel abandonado que mantém criadouros para proliferação do mosquito transmissor da dengue, zika vírus e febre chikungunya já que as calhas dos telhados estão entupidas, além do perigo eminente das pessoas escorregarem e tropeçarem em galhos caídos na calçada, sem contar que o local está se transformando em berçário para multiplicação de ratos.

“Vamos agir de maneira a mostrar para toda a sociedade que a autarquia responsável pela coleta é ineficiente e vamos simplesmente despejar a sujeira de responsabilidade da prefeitura onde merece estar”, diz uma moradora indignada, acrescentando que paga rigorosamente impostos municipais para tanto e que o ato coletivo servirá de exemplo e chamar atenção para maior responsabilidade do poder público municipal com a limpeza pública na cidade.

Por Comissão de Moradores

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *