MPF pede condenação de Vaccari, Santana e Mônica Moura por propina

MPF pede condenação de Vaccari, Santana e Mônica Moura por propina
Mais cinco pessoas estão envolvidas no pagamento irregular em esquema que envolve a Petrobras

16:43| 24/08/2016
Lava Jato

O Ministério Público Federal solicitou à Justiça Federal a condenação do ex-tesoureiro do PT João Vaccari, do marqueteiro João Santana, da empresária Mônica Noura e de outras cinco pessoas envolvidas com pagamento de propina em construções de quatro plataformas contratadas pela Petrobras por meio da Sete Brasil. Segundo informações do jornal O Globo, o pedido faz parte das alegações de conclusão do processo e foi apresentado ao juiz federal Sérgio Moro.

Também serão julgados Renato Duque, Zwi Skornicki, Pedro Barusco, João Ferraz e Eduardo Musa. Vaccari já foi condenado a 24 anos e 4 meses de prisão. Ele ainda responde a quatro ações penais. Duque, condenado a 51 anos e um mês de prisão, tenta fechar acordo de delação premiada.

Santana e Mônica deixaram a prisão após pagarem fiança de R$ 30 milhões. Skornicki, Barusco, Ferraz e Musa já têm acordos de colaboração concluídos com a Justiça e devem ser beneficiados por penas fechadas previamente.

O casal João Santana e Mônica Moura responde por ter recebido, sob orientação de Vaccari, US$ 4,5 milhões em conta no exterior não declarada. O pagamento teria sido realizadopor Skornicki, que também assinaou acordo de delação e revelou que o ex-tesoureiro do PT foi quem determinou o pagamento ao publicitário. No entendimento do MPF, todos devem responder por organização criminosa, corrupção e lavagem de dinheiro.

Noticias

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *