Mulheres do PSDB querem Delegacia da Mulher 24 horas

Mulheres do PSDB querem Delegacia da Mulher 24 horas
Preocupadas com os dados alarmantes da violência onde mais de 500 mulheres são vítimas de agressão física a cada hora no Brasil …

21FEV2018| 7:25–Edna Martins – Foto: ©CMA

As mulheres do PSDB Mulher de Araraquara entregaram aos deputados Lobbe Neto (federal) e Roberto Massafera (estadual) a reivindicação para que lutem pela abertura da Delegacia da Mulher por 24 horas, como forma de melhorar o atendimento às vítimas de violência.

Preocupadas com os dados alarmantes da violência onde mais de 500 mulheres são vítimas de agressão física a cada hora no Brasil (DataFolha), as militantes organizadas acreditam que as DDMs devem ser fortalecidas com equipamento e pessoal e devem estar abertas ao atendimento 24 horas.

A entrega do documento se deu em reunião do diretório que contou com a presença dos deputados Lobbe Neto e Roberto Massafera, e dos vereadores Dr. Elton Negrini, Jeferson Yashuda Farmacêutico, José Carlos Porsani e Rafael de Angeli.

A presidente do PSDB Mulher de Araraquara, Sara Lorena, disse que “justamente nos horários que as mulheres mais necessitam a DDM está fechada. É à noite e nos finais de semana que ocorrem o maior número de violência“.

Os deputados reconheceram a importância da questão e se comprometeram em atuarem junto com o movimento de mulheres para conseguir um resultado positivo.

A presidente municipal do PSDB, Edna Martins, defendeu as propostas. “Estamos procurando apoio de todos que possam ajudar na luta contra a violência, essa reivindicação é do movimento de mulheres. Precisamos ter os equipamentos certos para o enfrentamento desta violência e deve ser acessível a todas as mulheres e prestar um atendimento de qualidade”, afirmou Edna.

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *